Tecnologia e sustentabilidade são tendências para investimentos em infraestrutura em 2021 

Cenário econômico e percepção sobre a classe de ativos atraíram investidores e podem indicar novas oportunidades no futuro



Imagem: freepik

A tolerância a ativos de risco pode ter aumentado, mas os portfólios não deixaram de procurar fontes estáveis de retorno — e os investimentos em infraestrutura parecem estar se consolidando como uma opção interessante. Conhecida pela baixa volatilidade e por retornos mais modestos, essa classe de ativos atingiu 583 bilhões de dólares no último ano apenas nos Estados Unidos, segundo pesquisa da Cerulli Associates. Os destaques foram energia renovável e infraestrutura digital, segmentos que, na avaliação da consultoria, devem continuar em alta e criar boas oportunidades em 2021.

Segundo o estudo, esse movimento está atrelado à percepção de que investimentos em infraestrutura são seguros, capazes de proteger o patrimônio e menos correlacionados ao vaivém dos mercados do que outros produtos financeiros. “extensa vida útil desses ativos e a maior capacidade de investimento os tornam particularmente atrativos para grandes investidores, como seguradoras, fundos de pensões e fundos soberanos, que precisam arcar com compromissos de longo prazo”, afirma a Cerulli Associates. 

Home office e fatores ESG 

Além das particularidades dos investimentos em infraestrutura, outro fator que atraiu investidores foi o impacto da pandemia no dia a dia das empresas. Em todo o mundo, a busca por meios de viabilizar o trabalho remoto e por compras online intensificou a demanda por infraestrutura digital. Isso inclui redes de fibra ótica, torres de comunicação e centros de processamento de dados. 

Como mostra o relatório da Cerulli, o segmento já está sendo capitalizado por grandes instituições financeiras, entre elas Goldman Sachs Group e KKR & Co. — somadas, as duas já fizeram um aporte de 4 bilhões de dólares direcionado ao desenvolvimento de data centers. 

Já o avanço do setor de energia renovável está sendo influenciado pela quantidade crescente de investidores interessados em ativos sustentáveis. A pesquisa verificou que, além da produção de energia limpa, serviços de saneamento são cada vez mais procurados. 

 

Leia também

Será o fim do reinado do petróleo?

Smart cities são desafio para os novos prefeitos brasileiros

Mercado global de investimentos vai ter que mudar em 2021


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Posse de Biden e Harris renova esperanças
Próxima matéria
CVM diante dos fundos de criptomoedas 



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.