Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Londres perde liderança como principal centro financeiro global
Pela primeira vez, posição passa a ser dividida com os Estados Unidos, gerando preocupações no governo
centro financeiro, Londres perde liderança como principal centro financeiro global, Capital Aberto
Ministros britânicos passaram a apoiar flexibilização da regulação de setores-chave, como bancos e seguros, para impulsionar novos negócios | Imagem: Freepik

De acordo com pesquisas feitas pelo governo da City of London, pela primeira vez, Londres deixou de ocupar sozinha a liderança como principal centro financeiro global, dividindo o pódio com Nova York. O fato é que os EUA vêm se mostrando um lugar mais atraente para listagens e desenvolvimento de negócios, dada a perspectiva de valorização mais alta de seu mercado acionário e uma cultura de negócios menos restritiva. Além disso, a saída do Reino Unido da União Europeia forçou algumas empresas a transferir suas operações para outros países. 


A Capital Aberto tem um curso online sobre captação de recursos no mercado de capitais. Dá uma olhada!


Empresas britânicas como a Arm, do setor de tecnologia, e a CRH, maior grupo de materiais de construção do mundo, disseram nos últimos meses que buscarão listagens em Nova York. Em resposta, ministros britânicos passaram a apoiar uma série de reformas no mercado de capitais do Reino Unido e a flexibilização da regulação de setores-chave, como bancos e seguros, para impulsionar novos negócios. “A vantagem competitiva de Londres está em risco e isso exige um plano de longo prazo para estimular o crescimento no setor de serviços financeiros”, ressalta Chris Hayward, presidente de políticas da City of London Corporation. 

De acordo com o governo, Londres obteve uma pontuação geral de competitividade de 60 pontos, em comparação com 59 no ano passado. Nova York, por outro lado, aumentou sua pontuação em dois pontos, se igualando a Londres. Cingapura ficou em terceiro lugar, com 51 pontos, enquanto Frankfurt obteve 46, Paris, 43 e Tóquio, 35. 

A pesquisa constatou, ainda, que Londres continua a se destacar em fatores como inovação, alcance das atividades financeiras, resiliência e infraestrutura empresarial, talentos, bem como regulamentação. No entanto, a pontuação de Nova York aumentou devido ao forte crescimento de investimentos em tecnologia e aumento de negócios e emissões de títulos sustentáveis. 

Matérias relacionadas 

A morte do Doing Business

Risco de recessão faz ofertas de ações globais despencarem


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 9,90/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.