Uma norma para as securitizadoras

Os planos do regulador de criar um arcabouço específico para esses participantes

Grupos de Discussão / Securitização e Negócios Imobiliários / Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão

Patrocínio

 

19 de setembro – 8h15 às 11h

 

Programação

As securitizadoras estão no radar da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Hoje sob o chapéu da Instrução 480/09, que dispõe sobre o registro de emissores de valores mobiliários, as securitizadoras podem ganhar um arcabouço regulatório próprio. A autarquia estuda essa iniciativa, diante da necessidade de especificar detalhadamente alguns deveres de conduta e obrigações desse participante, bem como de reavaliar sua permanência na Instrução 480 — afinal, quando há constituição de patrimônio separado para as emissões, as securitizadoras se assemelham muito mais a um administrador fiduciário de fundos do que a uma companhia aberta. O que as securitizadoras pensam dessa iniciativa? Quais deveres de conduta e obrigações a CVM considera acrescentar ou reforçar numa norma específica para as securitizadoras? Na visão de originadores e investidores, o que não pode faltar nesse arcabouço? Qual deve ser o papel das securitizadoras na cobrança de direitos creditórios inadimplidos? Essas e outras questões serão debatidas no Grupo de Discussão Securitização e Negócios Imobiliários. Participe!

 

8h15 às 9h

Café da manhã

 

9h às 11h

Debate

 

Convidados

 

 

Bruno Gomes, gerente de acompanhamento de fundos estruturados da CVM

 

Carlos Ferrari, sócio do N,F&A Advogados

 

Eduardo Cazassa, sócio da New Estate Investimentos

 

Fernando Brasileiro, presidente da Ápice Securitizadora

 

Flávia Palacios Mendonça, sócia da RB Capital

 

Mauricio Bassi, sócio da Liberum Ratings

 

Vicente Postiga Nogueira, sócio sênior da Habitasec Securitizadora

 

 

Faça sua inscrição

Até 5/set: Assinantes: R$ 390,00 • Não-assinantes: R$ R$ 468,00

Após 5/set: Assinantes: R$ 449,00 • Não-assinantes: R$ 539,00

Até 5/set: Membros do Clube: R$ 234,00

Após 5/set: Membros do Clube: R$ 269,50

 

Informações

 

Local

Restaurante Praça São Lourenço

Rua Casa do Ator, 608 – Vila Olímpia – São Paulo – SP

 

Realização

 

 

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto? Envie a mensagem “subscrevo” para nosso Whatsapp: 11 98350 3891

 



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  CVM Securitização regulação securitizadoras

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Entraves
Próxima matéria
Corrupção e responsabilidade




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Entraves
Fechamentos de capital são usualmente marcados pela tensão de interesses entre minoritários e controladores. Mas o caso...