É lançado primeiro ETF com proteção total contra perdas
Interesse por esse tipo de produto tem crescido substancialmente desde o ano passado
ETF, É lançado primeiro ETF com proteção total contra perdas, Capital Aberto
Os ETFs de resultado definido ganharam popularidade em meio às turbulências enfrentadas pelo mercado em 2022

O primeiro fundo de índice negociado em bolsa (ETF) do mundo que oferece proteção total contra perdas foi lançado nos Estados Unidos na última semana. Denominado Innovator US Equity Principal Protected ETF, o fundo está focado no índice S&P 500 e utiliza opções de compra e venda com o objetivo de proteger o capital contra prejuízos nos próximos dois anos.  


A Capital Aberto tem um curso online sobre BDRs e ADRs: como e quando emitir. Saiba mais!


“Este é um produto que vínhamos analisando há tempos”, disse Graham Day, diretor de investimentos da Innovator Capital Management, ao Financial Times. “Hoje, o interesse nesse tipo de fundo é muito maior.” 

Até o lançamento do Innovator US Equity Principal Protected ETF, os fundos de “resultado definido” (como são chamados, nos EUA, esses produtos) ofereciam aos investidores um grau limitado de proteção contra perdas, em troca da renúncia de parte dos ganhos potenciais. A linha de produtos Power Buffer, da Innovator, por exemplo, protege os investidores apenas contra os primeiros 15% de prejuízo ao longo de seis meses ou um ano. 

Os ETFs de resultado definido ganharam popularidade em meio às turbulências enfrentadas pelo mercado no ano passado. Em 2022, eles captaram 10,9 bilhões de dólares na América do Norte, um aumento de 165,85% em relação aos 4,1 bilhões de dólares registrados em 2021, de acordo com a provedora de dados FactSet. E mesmo com a melhora nas condições de mercado neste ano, esses fundos continuam se saindo bem. Apenas nos primeiros seis meses de 2023, eles atraíram 4,6 bilhões de dólares. 

Cabe observar, no entanto, que os investidores do Innovator US Equity Principal Protected ETF ainda podem ter prejuízos, uma vez que a proteção do fundo é calculada antes da subtração das taxas de administração anuais, taxas de transação e possíveis despesas “extraordinárias”. De acordo com Day, o fundo pode atingir um retorno máximo de 15% a 18% ao longo do período de dois anos, dependendo da volatilidade do mercado e de como os juros se comportarem.  

Matérias relacionadas

ETFs com as escolhas de legisladores dos EUA estreiam na bolsa

Estudo indica uso de ETFs para insider trading

“Meme stocks” criam distorções em ETFs


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.