Ativismo dos hedge funds é inócuo para as empresas

Para pesquisador americano, talento desses fundos está mais na montagem de narrativas

Gestão de Recursos/Internacional / 5 de abril de 2019
Por 


Ativismo dos hedge funds é inócuo para as empresas

Ilustração: Rodrigo Auada

A percepção dos agentes de mercado é que o ativismo engajado dos investidores de longo prazo, com o objetivo de implementar melhores práticas de governança corporativa, tem uma conotação positiva. Isso nem sempre ocorre com o ativismo mais agressivo dos hedge funds. A postura desse grupo pode tanto melhorar as empresas de forma sustentável quanto ter resultados bons apenas no curto prazo, prejudicando o futuro do negócio. Mas, de acordo com JB Heaton, um pesquisador que já deu aulas de negócios e Direito nas Universidades de Chicago e Duke, a verdade é menos dramática: os hedge funds são inócuos.

Em um artigo intitulado “A promessa não cumprida do ativismo dos hedge funds”, ele diz que pelo menos uma década de pesquisas sobre o tema mostra que eles têm sido economicamente desimportantes — e por três razões, principalmente. A primeira é que eles não são tão bons assim em gerar ideias para melhorar as empresas-alvo. A segunda é que avaliam as companhias de forma muito pessimista e não têm tanto a ganhar com a melhora delas. Por último: às vezes esses fundos escolhem empresas que já estão em declínio e que são irrecuperáveis.

Para Heaton, o grande talento dos hedge funds, no fim das contas, é só um: narrativa. Eles conseguem contar boas histórias para atrair dinheiro de investidores e para conseguir convencer companhias a adotarem suas estratégias. Mas os resultados, infelizmente, não são tão bons, observa o pesquisador.


Leia também

Grandes empresas alemãs são alvos de ativistas

David Shammai, da Morrow Sodali, elenca prioridades de investidores

Investidores tiram 25 bilhões de dólares de ETFs americanos




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  hedge fund Ativismo Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Bettina rende multa à Empiricus — e mais piadas
Próxima matéria
Os desafios para o avanço das healthtechs no Brasil



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Bettina rende multa à Empiricus — e mais piadas
“Olá, meu nome é Bettina. Em poucas semanas eu fiz R$ 1 milhão virarem R$ 9 milhões de multa.” Esse foi o tom das brincadeiras...
estudo_aplicado_02-07

Promoção de aniversário

ASSINE O PLANO COMPLETO POR R$4,99 NOS TRÊS PRIMEIROS MESES!

{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}