ICO e bitcoins: regular ou não?

Os dilemas por trás da criação de uma regra específica para operações com criptoativos

Grupos de Discussão/Inovação e Tecnologia/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio

 

No mundo inteiro, as criptomoedas e os ICOs (sigla, em inglês, para initial coin offerings) impõem um enorme desafio aos órgãos reguladores. Negociadas no território livre da internet, as moedas digitais se multiplicam em progressão geométrica, enquanto entidades monetárias e de mercado de capitais buscam aperfeiçoar sua compreensão sobre o tema e refletir sobre sua atuação. No Brasil, bitcoins e ICOs não são alvo de regulações especificas, mas tanto o Banco Central (BC) como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) têm emitido comunicados com suas avaliações a respeito de operações com esses ativos. Em 12 de janeiro, por exemplo, o regulador do mercado de capitais anunciou que fundos de investimento locais estão proibidos de adquirir criptomoedas. Quais as visões de BC e CVM sobre a necessidade de uma regulamentação específica para criptoativos? Quais os dilemas dos reguladores na elaboração de regras para bitcoins e ICOs? Na opinião de investidores e outros participantes do mercado, uma norma sobre o tema é bem-vinda? Se sim, o que ela deve conter? Essas e outras questões foram debatidas neste Grupo de Discussão.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do evento no Clube de Conhecimento!

Confira a reportagem Hora de regular os ICOs?, gerada a partir do Grupo de Discussão.

Faça download do PDF com os melhores momentos do Grupo de Discussão.

Assista ao vídeo com os destaques do encontro.

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto? Envie a mensagem “subscrevo” para nosso Whatsapp: 11 97718 4461


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  regulamentação CVM Banco Central regulação Bitcoin ICO criptomoedas moedas digitais Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Lei das estatais na prática
Próxima matéria
Tributação de dividendos no Brasil: problema ou solução?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Lei das estatais na prática
Patrocínio O prazo de adaptação à Lei 13.303/16, também conhecida como Lei das Estatais, se encerrou em julho deste...