Carlos Rebello

O pulso ainda pulsa

Processo de formação de capital não está parado, mas precisa de alguns empurrões


Inocência perdida

Por que está na hora de substituirmos o tradicional prospecto de ofertas de ações


O futuro já começou

O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente.” Mahatma Gandhi Observo minha neta de nove anos usando o celular …


CVM surpreende ao propor registro de ofertas de condo-hotéis

Dados divulgados pela CVM mostram que houve 24 ofertas dos chamados condo-hotéis no Brasil em 2016. Foram quase 3 mil …


Casa de ferreiro, espeto de pau

Muito se fala de governança corporativa e pouco sobre a governança no setor público. Iniciativas recentes, como a …


Debêntures: Esperando Godot — Ato 2

Eis que estamos aí de novo! Já que não conseguimos ficar calados, poderíamos começar tudo mais uma vez. Vejamos… Se o …


O último romântico

Confesso que a ideia da BM&FBovespa de tirar, na reforma do Novo Mercado, a garantia do acesso dos pequenos …


Mudança de vento — e não é tempestade

O primeiro passo para se enfrentar os desafios da resolução de problemas é reconhecer que eles existem. É o que parece …


Debêntures: Esperando Godot — Ato 1

Tal qual na peça de Samuel Beckett, o mercado de debêntures no Brasil ainda não disse a que veio ou aonde iria. Todos …


Empresas com ADR: investidores brasileiros, tenham cautela!

A vedação da Lei das S.As. à criação de classes de ações ordinárias para as companhias abertas vai contemplar 40 anos. …


A idade da razão (ou quando chegam os 40 anos)

A lei do mercado de valores mobiliários, que criou a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), permitiu que o regulador …


Deixa fluir

Um regulador, para estimular a inovação, precisa correr riscos


Página 1 de 2