Por causa do Brexit, investidores fogem do Reino Unido

Fundos de ações focados em empresas britânicas já perderam 20,6 bilhões de dólares desde 2016

 

Relações com Investidores/Internacional / 21 de dezembro de 2018
Por 


Por causa do Brexit, investidores fogem do Reino Unido

Ilustração: Rodrigo Auada

Investidores de fundos de ações focados em empresas do Reino Unido já resgataram 20,6 bilhões de dólares desde que a maioria dos britânicos votou pela saída da nação da União Europeia, em junho de 2016. A incerteza gerada pela inesperada vitória do Brexit e a possibilidade de que o líder do partido trabalhista, Jeremy Corbyn, se torne primeiro ministro em um futuro próximo estão entre as principais causas da fuga de recursos.

Um levantamento feito pela gestora de recursos Schroders com 400 assessores financeiros mostrou que 35% de seus clientes já haviam retirado dinheiro do Reino Unido ou consideravam fazê-lo em breve. Fundos que investem em ativos dos Estados Unidos eram a primeira opção de alocação desse capital, seguidos daqueles focados em Japão e em mercados emergentes.

Ao Financial Times, Lucy Macdonald, chefe de investimentos da Allianz Global, disse que muitos fatores já foram precificados, mas outros ainda são difíceis de quantificar, de modo que os investidores preferem esperar para ver o desfecho da história. Entre os riscos está o de que empresas internacionais que têm contratos de prestação de serviços com companhias britânicas os cancelem se o Reino Unido não chegar logo a um acordo com a União Europeia sobre os termos da litigiosa separação.


Leia também

FCA adia iniciativas de regulação em função do Brexit

Número de IPOs tem recuperação global, mas Brexit promete atrapalhar

Ameaça das fake news à concorrência 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  fundo de investimento Brexit Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Curso Estratégias de remuneração [Próxima turma]
Próxima matéria
Agronegócio e mercado de capitais



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Curso Estratégias de remuneração [Próxima turma]
O curso foi realizado nos dias 10 e 11 de março de 2020. Preencha o formulário abaixo para ser informado sobre as próximas...