Regular ou não, eis a questão

Economista da Allianz gera controvérsia ao postar notícia sobre afrouxamento de regras

Legislação e Regulamentação/N@ Web / 20 de agosto de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Enquanto a Europa se prepara para lançar o pacotão regulatório MiFID II, os Estados Unidos prometem afrouxar — ou até mesmo eliminar — normas financeiras. É um debate intenso e polarizado, como diversos outros que hoje inundam as redes sociais. Em seu LinkedIn, Mohamed El-Erian, economista-chefe da Allianz, compartilhou uma notícia do Wall Street Journal sobre desregulamentação que rendeu pano para manga. A reportagem afirma que os esforços do presidente americano Donald Trump para afrouxar regras aplicáveis às mesas de negociação, aos conselhos de administração dos bancos e às companhias abertas começam a ganhar “forma concreta”. “Toda vez que os Estados Unidos desregulam o mercado uma crise econômica chega em sete anos no máximo”, escreveu um seguidor de El-Erian no LinkedIn. “Rajat Gupta ganhou 100 milhões de dólares com insider trading, Madoff [Bernard Madoff] administrou o maior esquema de pirâmide do mundo, apesar de toda a regulação. Regulação leva à corrupção”, retrucou outro.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  regulamentação Legislação n@ web MiFID II normas financeiras Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Perigos da MP 784
Próxima matéria
Crowdfunding de investimento ganha regras específicas



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Perigos da MP 784
Em vigor desde o último dia 8 de junho, a MP 784/17 dispõe sobre temas de grande importância para o mercado financeiro...