Bolsa e CVM lançam plataforma de divulgação de informações para fundos

No próximo dia 4 de abril entra em funcionamento a FundosNet, plataforma que aproxima o regime de divulgação de informações da indústria de fundos daquele já adotado pelas companhias abertas. O projeto é resultado de um convênio firmado entre a BM&FBovespa, desenvolvedora do sistema, e a Comissão …

Gestão de Recursos/Seletas/Edição 22/Reportagens / 18 de março de 2016
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

No próximo dia 4 de abril entra em funcionamento a FundosNet, plataforma que aproxima o regime de divulgação de informações da indústria de fundos daquele já adotado pelas companhias abertas. O projeto é resultado de um convênio firmado entre a BM&FBovespa, desenvolvedora do sistema, e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), sua proprietária. Ao usar a plataforma, os administradores de fundos listados vão abastecer de informações, simultaneamente, o regulador e a Bolsa. Atualmente, o trabalho de envio é duplicado e feito por e-mail.

A FundosNet estreia com os dados de 127 fundos de investimento imobiliário (FIIs) com cotas negociadas na BM&FBovespa. Trata-se dos fundos mais pulverizados do mercado, que hoje reúnem cerca de 90 mil investidores. No futuro, a plataforma poderá ser também utilizada por outros tipos de fundos listados no pregão, como os exchange traded funds (ETFs) e os fundos de investimento em direitos creditórios (FIDCs).

A novidade ajudará os investidores. Todos os dados publicados serão reunidos numa página do site da Bolsa e poderão ser manipulados com o uso de filtros —por tipo de documento e data de envio, por exemplo. Estarão disponíveis no sistema, além dos informes periódicos dos fundos, editais de convocação, atas de assembleia, fatos relevantes e comunicados ao mercado.

“A mudança trará facilidade e mais segurança para os administradores, ao registrar todos os passos do envio de documentos. Para o investidor, será a oportunidade de fazer consultas abrangendo toda a categoria, o que não existe hoje”, ressalta Flavia Mouta Fernandes, diretora de regulação de emissores da BM&FBovespa.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bmfbovespa CVM Fundos de Investimentos FII Transparência Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Independência de conselheiro de administração torna-se atenuante para o Cade
Próxima matéria
Companhias se preparam para novo relatório de auditoria no Brasil



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Independência de conselheiro de administração torna-se atenuante para o Cade
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) tem a missão de zelar pela livre concorrência no País, mas,...