Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Títulos isentos puxam investimentos em 2023, revela Anbima
Papeis como CRI, CRA, LCI e LCA, cujas regras para emissão foram revistas pelo CMN, foram os destaques no ano passado
títulos isentos, Títulos isentos puxam investimentos em 2023, revela Anbima, Capital Aberto

Os investimentos de brasileiros aumentaram 14% em 2023, atingindo R$ 5,7 trilhões, divididos entre varejo, com R$ 3,6 trilhões, e o private, com R$ 2,1 trilhões. O destaque do ano ficou por conta dos títulos isentos, que chegaram à cifra de R$ 1,1 trilhão, avanço de 37,1% na comparação anual.

O Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) registraram alta de 55,8%, somando R$ 63,7 bilhões ao final de 2023; as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) cresceram 50%, totalizando R$ 324,4 bilhões, e as Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) subiram 36,6%, a R$ 420,8 bilhões. Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) e as Letras Imobiliárias Garantidas (LIGs) ampliaram o volume em 31,4% e 25,6%, respectivamente, chegando a R$ 94,9 bilhões e R$ 108,8 bilhões.

Na semana passada, os títulos isentos de IR passaram a ter novas regras para emissão alteradas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), o que na visão do mercado pode reduzir de forma substancial a emissão de papeis como CRI e CRA. Durante a coletiva de apresentação dos resultados, o presidente do Fórum de Distribuição da Anbima, Ademir Correa Junior, foi perguntando sobre o possível impacto das mudanças na composição dos investimentos dos brasileiros. O executivo afirmou que ainda não é possível cravar quais serão os efeitos das novas regras.


Entenda mais sobre as regulamentações do mercado no curso CVM 175 e fiscalização de fundos


“A Anbima está analisando os impactos das resoluções divulgadas pela CMN. Eu acho que é essencial primeiro analisar as regras com profundidade para orientar cada um dos segmentos que representamos de forma eficiente”, comentou Correa Junior. “Na visão da Anbima, essas medidas aumentam a eficiência da política pública no suporte dos setores do agronegócio e imobiliário e contribuem para desenvolvimento e para constante aprimoramento no mercado de capitais.”

Os investimentos em títulos e valores mobiliários no geral cresceram 25,6% no ano passado sobre 2022, chegando a R$ 2,9 trilhões. Apesar da forte alta dos papeis isentos, os CDBs seguem respondendo pelo maior volume, com alta de 22,7% a R$ 874,1 bilhões. 

títulos isentos, Títulos isentos puxam investimentos em 2023, revela Anbima, Capital Aberto

Dentro da indústria de fundos de investimentos, os multimercados foram o destaque negativo do ano e perderam recursos, com saques líquidos de 3,8%, fechando o período a R$ 633 bilhões. Fundos de renda fixa, com R$ 582,2 bi, e os fundos de ações, com R$ 248,7 bi, avançaram 14% e 12%, respectivamente. Os fundos de investimento imobiliário (FII) encerraram o ano com R$ 102,1 bi nas carteiras, avanço de 11%. No agregado, o volume investido em fundos chegou a R$ 1,6 trilhão ao final de 2023, alta de 5,9% na comparação anual.

“A performance dos multimercados foi comprometida pelas incertezas em relação à taxa de juros do início do ano e pela piora das expectativas da economia americana no segundo semestre, bem como, pelos nossos próprios fatores internos da nossa economia”, comentou o executivo da Anbima. “Neste cenário, até os investidores do private, normalmente mais resilientes às intempéries do mercado, buscaram um porto seguro em investimentos no mundo da renda fixa, como em CDBs e, especialmente, em títulos isentos.”  

Correa Junior, quando questionado sobre o interesse do investidor brasileiro por ativos de maior risco, afirmou que este ano está um pouco mais favorável pela queda da taxa de juros no país. “Eu acredito que este ano será um período com bastante movimento para papéis com mais risco, pensando mais no médio e longo prazo.”


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.