As restrições à emissão de BDRs por empresas que atuam principalmente no Brasil, propostas pela CVM na minuta da nova Instrução 202, são adequadas?

Legislação e Regulamentação / Antítese / Temas / Edição 68 / 1 de abril de 2009
Por 



SIM
Limite necessário
Medida evita que companhias disfarçadas
de estrangeiras emitam BDRs

Por Ana Carolina de Salles Freire


NÃO
Há alternativas
Conceito de “paraíso regulatório” combinaria
os interesses do emissor e do regulador

Por Fábio Yamada


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Silêncio esclarecido
Próxima matéria
A crise será boa para o Brasil




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Silêncio esclarecido
Quando começa o período de silêncio? A resposta duvidosa que gerou muita polêmica no auge dos IPOs deve, enfim, ganhar...