Emissores dos EUA divergem sobre relatórios e frameworks ESG

Enquanto a SEC considera a imposição de regras, as empresas listadas americanas ainda não conseguem concordar sobre um modelo universal



Emissores dos EUA divergem sobre relatórios e frameworks ESG
Se a SEC decidir, de fato, adotar um novo relatório, 84% das companhias americanas concordam que ele deve refletir as particularidades de cada indústria | Imagem: freepik

Apesar dos esforços recentes para se padronizar o framework de relatórios ESG, as companhias abertas não acreditam que os responsáveis por criar esses parâmetros são capazes de fornecer métricas consistentes e compreensíveis. De acordo com um relatório do Centro para a Competitividade do Mercado de Capitais (CCMC) da Câmara de Comércio dos Estados Unidos, metade das empresas listadas em bolsas americanas diz que os parâmetros ESG de terceiros são de difícil compreensão, abordam informações intangíveis e carecem de transparência. 

A pesquisa também mostra que 41% das companhias abertas no país não se baseiam em nenhum framework desenvolvido por agentes do mercado ao criarem seus relatórios ESG e de riscos climáticos. E, entre as empresas que utilizam um ou mais frameworks, há pouca convergência — cerca de 44% seguem o padrão estabelecido pelo Sustainability Accounting Standards Board (SASB), 31% pela Global Reporting Initiative, 29% pela Task Force on Climate-related Financial Disclosures (TCFD) e 24% pelo Carbon Disclosure Project (CDP). As empresas também utilizam parâmetros criados por organizações setoriais, como o framework de sustentabilidade desenvolvido pelo Edison Electric Institute. 

Novo relatório da SEC 

Desde abril, a Securities and Exchange Commission (SEC) recebe comentários de participantes do mercado de capitais sobre como deveriam ser as exigências de disclosure para assuntos relacionados ao clima. Neste mês, o presidente da SEC, Gary Gensler, solicitou ao órgão regulador uma proposta para um relatório obrigatório de riscos climáticos, que deve ser apresentado ao mercado americano até o fim de 2021.  

O levantamento da CCMC revela que, se a SEC decidir, de fato, adotar um novo relatório, 84% das companhias americanas concordam que ele deve refletir as particularidades de cada indústria — uma tarefa difícil para qualquer regulador. Em outros pontos da discussão, o mercado tem visões divergentes. Quase metade das empresas (43%) acredita que o regulador deveria adotar uma abordagem de “pratique ou explique”, enquanto 33% se opõem. Quando se trata da criação de um framework para o relatório pela própria SEC, apenas 24% apoiam a ideia, enquanto 48% acreditam que o regulador deveria designar um grupo ou instituição externa para criar um ou mais frameworks. 

Leia também

A caixa-preta das empresas de rating ESG

Regras de combate a greenwashing encolhem mercado de ativos ESG na Europa

A visão dos reguladores sobre o gerenciamento de riscos ambientais 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Quero me cadastrar!

Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui > 2

teste

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC ESG relatórios ESG Crise climática Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Meia-volta no sistema eleitoral
Próxima matéria
Biologia sintética: a nova aposta dos investidores



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Meia-volta no sistema eleitoral
'Como milhões de eleitores ainda na ativa, peguei o tempo do voto em cédulas e vi os caciques políticos e cabos eleitorais...