Guerra do bem

CEO da Sociedade de Compliance Corporativo e Ética elogia esforços do Brasil no combate à corrupção

Bolsas e conjuntura / N@ Web / 3 de setembro de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

“A questão não é se você terá problemas, e sim o quanto você está se esforçando para corrigi-los. Esforço é o melhor indicador de sucesso futuro.” Essa livre tradução da frase, escrita por Roy Snell, presidente da Sociedade de Compliance Corporativo e Ética, no LinkedIn, foi um comentário à notícia de que Aldemir Bendine, ex-CEO da Petrobras, foi acusado de corrupção. Snell está otimista com o Brasil e afirmou que o País irá emergir como uma das nações mais confiáveis do mundo porque está “declarando guerra a problemas éticos e regulatórios”. “Eu não poderia concordar mais. O constante esforço das autoridades brasileiras para investigar e processar é impressionante. Isso não teria acontecido no passado”, constatou um seguidor brasileiro de Snell.

 


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O pulso ainda pulsa
Próxima matéria
Salário excessivo?




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
O pulso ainda pulsa
Tenho muita alegria ao ver o mercado de capitais brasileiro exercendo sua função primordial de financiar o investimento...