20 anos contra a lavagem de dinheiro

O que ainda pode ser aprimorado no combate e na prevenção do crime de ocultação de bens

Grupos de Discussão / Compliance / Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


Patrocínio

 

02 de maio – 8h15 às 11h

 

Programação

No dia 3 março deste ano, a Lei 9.613, que dispõe sobre os crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores, completou 20 anos de sua publicação. Posteriormente alterada pelas leis 10.701, de 2003, e 12.683, de 2012, ela permitiu que o Brasil avançasse significativamente no combate e na prevenção a esse tipo de ilícito. Além do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o Banco Central, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e a Polícia Federal, entre outras autoridades brasileiras, têm se engajado no combate à lavagem de dinheiro. O tema também atrai a atenção de diversos organismos internacionais preocupados com a adequada identificação de clientes, análise de movimentações financeiras e detecção de transações suspeitas. Passadas duas décadas da edição da Lei 9.613, quanto os bancos e outras instituições do mercado estão devidamente preparados para lidar com as regras nacionais e internacionais relativas ao tema? Como construir um programa de prevenção à lavagem de dinheiro robusto? Quais práticas ainda precisam ser aprimoradas na visão dos reguladores? Como tem funcionado o intercâmbio de informações entre as autoridades? Essas e outras questões serão debatidas nesse Grupo de Discussão. Participe!

 

8h15 às 9h

Café da manhã

 

9h às 11h

Debate

 

Antonio Carlos Ferreira de Sousa, diretor de inteligência financeira do Coaf

 

Camila Araujo, sócia da área de risk advisory da Deloitte

 

Camila Borba Lefèvre, sócia da área de direito societário/M&A e compliance do Vieira Rezende Advogados

 

Francisco José Barbosa da Silveira, chefe adjunto do Departamento de Supervisão de Conduta (Decon) do Banco Central

 

Ian Cook, diretor sênior da Kroll

 

Maíra Beauchamp Salomi, sócia do Chaves Alves & Salomi Advogados

 

Marcus Vinícius de Carvalho, responsável pelo Núcleo de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e do Financiamento do Terrorismo da Superintendência Geral da CVM

 

Robinson Fernandes, presidente do Instituto dos Profissionais de Prevenção à Lavagem de Dinheiro

 

 

Faça sua inscrição

Até 18/abr: Assinantes: R$ 398,00* • Não-assinantes: R$ 468,00

Após 18/abr: Assinantes: R$ 458,00* • Não-assinantes: R$ 539,00

Até 18/abr: Membros do Clube: R$ 351,00*

Após 18/abr: Membros do Clube: R$ 404,00*

 

* Cada assinatura permite a inscrição de até 3 participantes (cada participante paga o valor indicado).

 

 

Informações

   

 

Local

Restaurante Praça São Lourenço

Rua Casa do Ator, 608 – Vila Olímpia – São Paulo – SP

 

 

Realização

 

 

Quer receber em primeira mão as reportagens e os encontros da Capital Aberto? Envie a mensagem “subscrevo” para nosso Whatsapp: 11 98350 3891

 



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CVM compliance Coaf prevenção a lavagem de dinheiro Lei 9.613 Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Cibersegurança e privacidade
Próxima matéria
O futuro das fintechs




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Cibersegurança e privacidade
  17 de maio - 8h15 às 11h     Confirme sua participação   Programação Todos os dias...