Investimentos sociais

O que buscam as fundações no campo dos negócios de impacto

Grupos de Discussão/Venture Capital e Empreendedorismo/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


               Patrocínio     

Ainda que de forma tímida, fundações e institutos de origem familiar e empresarial vêm investindo nos chamados negócios de impacto — empreendimentos com a missão explícita de gerar benefícios sociais ou ambientais ao mesmo tempo em que produzem resultado financeiro positivo de forma sustentável. A meta da Força Tarefa de Finanças Sociais, que reúne cerca de 20 organizações representantes desse ecossistema, é que até 2020 as fundações e associações direcionem 5% de seus investimentos e doações para o desenvolvimento desse campo de negócios no Brasil. Diante desse cenário, quais empreendimentos sociais têm mais chances de atrair o interesse das fundações? Entre ONGs e startups de impacto, há uma preferência? Quais são os aspectos jurídicos e tributários a que as fundações precisam se atentar? Há um mapeamento adequado dos riscos envolvidos? Essas e outras questões foram debatidas no Grupo de Discussão Venture Capital e Empreendedorismo.

Clique aqui e confira a reportagem Filantropia não basta, produzida a partir do evento.

Assista ao vídeo com os melhores momentos do Grupo de Discussão.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do encontro no Clube de Conhecimento!

Fotos: Régis Filho

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  venture capital empreendedorismo fundações Investimentos sociais negócios de impacto instituto Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
De castigo
Próxima matéria
Mentira em verso



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
De castigo
  A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou a GWI Asset em R$ 7,5 milhões e suspendeu Mu Hak You, seu diretor,...