Bradesco vai ao meio-oeste americano

Edição 27 / 1 de novembro de 2005
Por 


Em aposta semelhante à do concorrente, o Bradesco incluiu novos destinos na agenda de suas apresentações, só que no mercado norte- americano. Antes limitado aos centros financeiros mais tradicionais, compreendidos pelo circuito Nova York-Boston, o roteiro chegou este ano a várias cidades pequenas do Estado de Idaho e da Califórnia. A medida foi uma resposta a pedidos recebidos de instituições financeiras e clubes de investimento situados nessas regiões.

Jean Philipe Leroy, superintendente executivo de relações com investidores, verificou que o contato pessoal é bastante valorizado por este tipo de investidor. Um grande número de pessoas físicas só passou a fazer parte do mailing gerenciado pela área depois de participar dos encontros.

O esforço de interiorização contribui para a aceitação dos papéis do Bradesco no mercado internacional. No final de maio, o banco captou US$ 300 milhões em bônus perpétuos (sem vencimento estabelecido). Leroy também destaca a importância dos canais internacionais de distribuição de notícia (wire) no suporte à comunicação permanente com este público. “Abastecê-los com informações estratégicas sobre a companhia de maneira constante é um desafio que este tipo de veículo nos ajuda a superar.”


Quer continuar lendo?

Você já leu {{limit_offline}} conteúdo(s). Gostaria de ler mais {{limit_online}} gratuitamente?
Faça um cadastro!

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
OCDE lança guia de boas práticas para empresas de controle estatal
Próxima matéria
Itaú aposta em visitas ao interior




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
OCDE lança guia de boas práticas para empresas de controle estatal
A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) aprovou um novo Código de Governança Corporativa...