Do contra

Bimestral / Bolsas e conjuntura / Entrevista / Edição 154 / 12 de março de 2017
Por 
Gustavo Borba (Foto: Divulgação) O advogado Gustavo Borba chegou à diretoria da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em agosto de 2015. O fato de seu nome ser desconhecido nos círculos do mercado provocou um certo burburinho — antes de entrar na autarquia ele chefiava a Procuradoria...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  CVM conselho de administração SEP Visanet regulação Saraiva eleição de conselheiro diretor CVM TDS Henrique Pizzolato Gustavo Borba supervisão do mercado

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Mudou a lógica
Próxima matéria
Outros caminhos - parte 1




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Mudou a lógica
O último par de anos de recessão econômica no Brasil causou desagradáveis rupturas em projetos de crescimento que poucos...