Nos EUA, 70% dos investidores pessoas físicas não votam

Relações com Investidores/Internacional/Edição 119 / 1 de julho de 2013
Por 


As pessoas físicas detêm, nos Estados Unidos, um terço das ações de companhias listadas em bolsa. Aproximadamente 70% desses acionistas, contudo, não votaram nas assembleias de 2013. Um estudo realizado pela PwC e pela consultoria Broadridge Financial Solutions chegou a essa conclusão após examinar os resultados de 549 assembleias (11% do total de reuniões de 2013 nos Estados Unidos), promovidas entre o início do ano e o dia 23 de abril.

Considerando o panorama geral, as empresas receberam votos de 70% das suas ações — 60% de investidores institucionais e 10% de pessoas físicas. À revista Inside Investors Relations, Chuck Callan, vice-presidente de assuntos regulatórios da Broadridge, disse que as companhias têm se esforçado para se comunicar com os acionistas nos últimos anos, mas estão se focando exclusivamente em investidores institucionais.

A avaliação do estudo é que, com essa postura, as companhias perdem uma oportunidade para ter suas proposições aprovadas mais facilmente. Isso porque os investidores de varejo tendem a concordar em massa com as ideias da administração. No caso do say-on-pay, em que os acionistas avaliam a remuneração dos diretores, é importante receber um índice alto de aprovação. Quando as propostas nessa área recebem menos de 70% de votos favoráveis (o que aconteceu em 5% das assembleias analisadas), as consultorias de voto adotam uma postura mais rígida na análise da companhia nos anos seguintes.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  EUA investidores Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Fundos zumbis de PE acumulam US$ 116 bilhões
Próxima matéria
Mulher de CEO vira conselheira para cumprir cota de diversidade



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Fundos zumbis de PE acumulam US$ 116 bilhões
Os zumbis deixaram de ser apenas personagens de ficção pós-apocalíptica e chegaram ao universo concreto dos fundos de private...