Insiders da Apple já sabiam da doença de Jobs há mais tempo?

Captação de recursos/Internacional/Temas/Edição 66 / 1 de fevereiro de 2009
Por , , e


Não são apenas os acionistas da Apple que estão preocupados com o futuro da companhia. Seus administradores também. Desde que apareceu publicamente, em junho do ano passado, bem mais magro que o de costume, Steve Jobs tem sido alvo de especulações sobre sua saúde. O anúncio da sua licença médica de seis meses, em 14 de janeiro, fez o mercado questionar ainda mais como a companhia vai se comportar sem o gênio criador do iPod, iPhone, iMac e outros hits tecnológicos.

Mas quem parece ter a resposta para isso há muito mais tempo são os colegas do CEO. A movimentação dos insiders com o papel da Apple pode ser um sinal de que o cenário vislumbrado por eles é desanimador. De agosto de 2008 a janeiro de 2009, conselheiros e vice-presidentes da companhia venderam US$ 33,95 milhões em ações da fabricante do iPhone. Nenhum executivo fez compras. Insiders podem se desfazer de papéis simplesmente para realizar lucros ou gerar caixa. No entanto, forças vendedoras também indicam descrença quanto ao potencial de valorização da ação. De 1º de agosto de 2008 ao último 29 de janeiro, os papéis da Apple afundaram cerca de 40%.

Do mesmo modo, aquisições de ações por acionistas controladores e executivos emitem mensagens positivas. Quem mais conhece o valor intrínseco da companhia acredita que a cotação em bolsa não está refletindo o preço justo. Para se ter uma ideia, os administradores de uma concorrente da Apple sinalizaram otimismo nesse mesmo período. As compras e as vendas de insiders da Dell tiveram um saldo positivo de US$ 99,85 milhões.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Apple Insiders Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Nasdaq cria índice para acompanhar as socorridas do Tarp
Próxima matéria
Finalmente chegou



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Nasdaq cria índice para acompanhar as socorridas do Tarp
Os investidores podem acompanhar o desempenho das companhias listadas em bolsa que participam do pacote de socorro financeiro...