Fundo soberano procura gestores em emergentes

Bimestral/Governança Corporativa/Temas/Internacional/Edição 104 / 1 de abril de 2012
Por 


O fundo de pensão do governo da Noruega, um dos maiores fundos soberanos do mundo, pretende dobrar para cem, nos próximos cinco anos, o número de mandatos concedidos a gestores internacionais. Dentre os agraciados estarão profissionais nos mercados emergentes e gestores com experiência em small caps, disse, ao Financial Times, Yngve Slyngstad, chefe–executivo do Norges Bank Investment Management, instituição que administra o fundo.

A iniciativa coincide com a estratégia do Norges Bank Investment Management de mudar o perfil de risco do fundo, cujo patrimônio soma US$ 608 bilhões. Metade desse montante está investido em ativos na Europa, que sofrem com a crise. “Precisamos olhar mais para novos mercados”, diz Slyngstad. No fim de 2011, o fundo tinha US$ 10,2 bilhões sob gestão externa alocados em mercados emergentes, incluindo Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul, Malásia, Indonésia, Tailândia, Turquia e Polônia. Só no ano passado, três novos mandatos foram concedidos para gestores em mercados emergentes. Outros quatro foram distribuídos para profissionais especializados em empresas com baixa capitalização de mercado de países como França, Alemanha e Bélgica.

De acordo com Slyngstad, a expectativa é que 4% do valor total do fundo seja gerido por terceiros. Apesar de pequeno, o percentual é representativo em termos de valores, levando em conta que, em 2020, o patrimônio do fundo será US$ 1 trilhão, conforme o Ministério das Finanças.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Minoritário obtém aumento de prazo de convocação de AGE da Unipar
Próxima matéria
SEC quer rever regras de disclosure de estrangeiras



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Minoritário obtém aumento de prazo de convocação de AGE da Unipar
Trata–se de pedido de acionista da Unipar Participações S.A. referente a aumento de prazo de antecedência de convocação...