Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Rebalanceamento do Ibovespa: conheça a empresa favorita a integrar o índice
B3 anunciará na sexta-feira a primeira prévia da nova composição do índice, que entrará em vigor no dia 2 de janeiro.
Rebalanceamento do Ibovespa, Rebalanceamento do Ibovespa: conheça a empresa favorita a integrar o índice, Capital Aberto

Como ocorre a cada quatro meses, a B3 anunciará na sexta-feira a primeira prévia do rebalanceamento do Ibovespa, principal índice da B3, que entrará em vigor no dia 2 de janeiro.

Com a reavaliação do índice, há a possibilidade da entrada e saída de empresas do índice e possível alteração do peso relativo das empresas no indicador. 

A grande expectativa do mercado para o rebalanceamento do Ibovespa é para a confirmação da inclusão da Isa Ceetip no índice. 

Em relatórios recentes, BTG, XP e Itaú BBA apostam no movimento.

“A Cteep teve um impulso em seu volume médio diário de negociação (ADTV) devido às recentes discussões sobre a potencial venda pela Eletrobras (ELET6) de sua participação no empresa”, escrevem Carlos Sequeira, Osni Carfi, e Guilherme Guttilla, em relatório do BTG enviado a clientes.

Mesmo que o ADTV volte aos níveis anteriores ao anúncio desta possível transação, acreditamos que ainda há uma grande chance de que a empresa seja incluída no índice”, 

Balanço trimestral

As ações da empresas encerraram o pregão de sexta a R$ 24,69, uma alta de 7% no ano até aqui. 

No balanço do terceiro trimestre do ano, a empresa obteve lucro líquido regulatório de R$ 474,5 milhões, alta de 22,7% em relação ao mesmo período de 2022.

No acumulado de janeiro a setembro, o montante foi de R$ 1 bilhão, um salto de 81,7% frente ao registrado nos nove meses do ano passado.

A receita líquida foi de R$ 1 bilhão no último trimestre, um crescimento de 18,8% no comparativo com o mesmo período de 2022. No acumulado dos nove meses, o volume chegou a R$ 2,9 bilhões, o que representa um incremento de 21,5% em relação ao ano anterior.

O Ebitda regulatório somou R$ 876,6 milhões no último trimestre, uma alta de 17,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado de janeiro a setembro, o montante alcançou R$ 2,3 bilhões, sendo um incremento de 25,8%.

A IsaSA CeetpEETP surgiu a partir da divisão dos ativos da CESP (Companhia Energética do Estado de São Paulo)  como parte do programa de privatização do governo paulista.

Em 2001, a companhia incorporou a Empresa Paulista de Transmissão de Energia Elétrica (EPTE), resultante do desmembramento da Eletropaulo.

A empresa está presente em 18 Estados e opera uma rede de transmissão por onde passam 30% de toda a energia elétrica transmitida no Brasil e 94% no Estado de São Paulo. 

A privatização ocorreu em 2006, por meio de leilão na bolsa.  O grupo empresarial multilatino ISA ficou com o controle da empresa, ao adquirir 50,1% das ações ordinárias (com direito a voto).

Rebalanceamento do Ibovespa

Para compor a carteira do Ibovespa B3, as companhias listadas precisam cumprir alguns requisitos como: 

Negociadas em 95% dos pregões no período de vigência das últimas três carteiras (aproximadamente 1 ano),

Movimentação financeira equivalente a pelo menos 0,1% do volume financeiro do mercado à vista no mesmo período e

Estar entre os ativos que representem 85% em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade (IN), que mede o volume negociado por um ativo na bolsa

Não ser penny stock (ações negociadas por valor abaixo de R$ 1,00)

Na última mudança, em setembro, passaram a fazer parte do índice as ações das empresas PetroReconcavo ON (RECV3) e Grupo Vamos ON (VAMO3). E houve a saída da Meliuz ON (CASH3).

Leia mais:

Pesquisa S&P: Empresas brasileiras planejam aumentar investimento em 2024


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.