Pesquisar
Close this search box.
Mercados sobem após dados de emprego nos EUA abaixo do esperado
Investidores reagem positivamente ao payroll, que trouxe à tona expectativas sobre a decisão antecipada de corte de juros pelo Fed
emprego nos EUA, Mercados sobem após dados de emprego nos EUA abaixo do esperado, Capital Aberto

Os mercados operam em alta nesta sexta-feira (03), com investidores reagindo ao dado de emprego nos EUA (payroll), que trouxe à tona expectativas sobre a decisão antecipada de corte de juros pelo Federal Reserve (Fed), já que os números vieram abaixo do esperado.

Além da expectativa por corte de juros, a ação da Apple também impulsiona os mercados em Wall Street, após balanço positivo no primeiro trimestre. Já os rendimentos do Tesouro de dois anos, que são mais sensíveis a movimentos iminentes do Fed, caíram 10 pontos-base, para 4,77%. Os operadores estão prevendo 50 pontos-base de afrouxamento monetário este ano – o que equivaleria a dois cortes de juros.

As folhas de pagamento não agrícolas avançaram 175 mil no mês passado, o menor ganho em seis meses, segundo relatório do Bureau of Labor Statistics divulgado nesta sexta. A taxa de desemprego subiu para 3,9% e os ganhos salariais abrandaram.

Seema Shah, da Principal Asset Management, aponta que este é o relatório de empregos que o Fed teria escrito. “A primeira surpresa negativa do payroll em vários meses, bem como a queda no crescimento do lucro médio por hora, trarão o diálogo de corte de juros de volta ao mercado e talvez explique por que Powell foi capaz de ser dovish na quarta-feira (01).”

“O relatório deve ser percebido pelos mercados como uma lufada de ar fresco bem-vinda, pois silenciará o tom hawkish no mercado e quaisquer temores recentes de estagflação. Continuamos a olhar através do debate em torno do momento dos cortes para o fato de que os dados, agregados e observados durante um período mais longo, conduzirão a um ciclo de corte não recessivo”, diz Alexandra Wilson-Elizondo, da Goldman Sachs Asset Management.

Há pouco, o S&P 500 subia 0,75%, enquanto o Nasdaq tinha alta de 1,44% e o Dow subia 0,88%. A Apple, por sua vez, operava em alta 6%. Já o rendimento dos Treasuries de 10 anos caiu oito pontos-base, para 4,50%. No Brasil, o Ibovespa subia 1,08%, aos 128.492 pontos.

Leia também:

Powell reforça que Fed manterá juros no patamar atual o tempo que for necessário


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.