Fatores ambientais, sociais e de governança importam para 90% dos investidores institucionais

Seletas / Internacional / Edição 76 / 28 de abril de 2017
Por 
Ilustração: Rodrigo Auada Já faz um bom tempo que uma ideia ganha corpo no mercado: as empresas precisam se preocupar com fatores ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) — e não apenas porque isso é bom para a reputação delas, mas também porque esses princípios...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Governança sustentabilidade Internacional investidores institucionais fatores ESG

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Impedimentos
Próxima matéria
CVM surpreende ao propor registro de ofertas de condo-hotéis




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Impedimentos
Os jogos societários, quando disputados nas bordas da lei, podem revelar surpresas. Foi o que aconteceu no mais recente...