Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
Captação via fundos
Fundos de private equity representam importantes alternativas à abertura de capital para empresas em crescimento

, Captação via fundos, Capital Aberto

 

Em um cenário de crise nos mercados internacionais — especialmente na Europa e nos Estados Unidos —, o financiamento corporativo via abertura de capital perde atratividade dia após dia. A cautela é válida. Com os investidores cada vez mais avessos a riscos e buscando maior liquidez em seus ativos, a opção de alocar recursos em ações de empresas iniciantes no mercado acionário não parece ser, por enquanto, uma boa decisão. Na contramão desse cenário de perdas, no entanto, as companhias encontram nos fundos de private equity (PE) formas de captação alternativas.

As indústrias de PE e venture capital (VC) acumulam captações da ordem de US$ 4,5 bilhões entre janeiro e setembro de 2011 para investimentos no Brasil. O valor, recorde, supera os US$ 3,5 bilhões levantados durante todo o ano de 2008, que, até então, havia sido o mais expressivo da série histórica, de acordo com dados da Emerging Markets Private Equity Association (Empea).

“O mercado de private equity no Brasil começou a crescer de forma mais expressiva nos últimos cinco anos. Mas ainda há bom espaço para o desenvolvimento desse tipo de operação”

“O mercado de private equity no Brasil começou a crescer de forma mais expressiva nos últimos cinco anos, com a vinda de grandes players internacionais. Mas ainda há bom espaço para o desenvolvimento desse tipo de operação. Em alguns casos, o Brasil serve como base para uma atuação mais regional — na América Latina, por exemplo — por parte desses fundos”, afirma Carlos Asciutti, sócio-líder de serviços para a indústria de Private Equity da Ernst & Young Terco.

Private equity é a melhor opção?

Assim como os fundos configuram uma fonte segura para os investidores nesse cenário de riscos, o aporte de fundos de PE em empresas de pequeno e médio portes também traz consigo outras vantagens. Um private equity financia a expansão de uma companhia com potencial de crescimento em troca de um percentual de seus negócios em parceria com o empreendedor. O escopo é otimizar as operações, implantar sistemas de governança corporativa, reforçar o foco no modelo de negócios e agregar valor à marca, sempre no sentido de levar a empresa para uma nova fase em sua jornada — seja por meio da abertura de capital ou outra forma de captação de investidores estratégicos.

Assim como para a abertura de capital, o “timing” é importante no momento da parceria com um fundo. Algumas questões podem ajudar a definir o momento correto, como:

1 • Sua empresa tem potencial para se expandir rapidamente em mercados que têm obtido crescimento sustentável nos últimos anos?

2 • Sua companhia tem o apelo para atrair o investidor disposto a liderar essa expansão?

3 • De que forma a atração de administradores talentosos e experientes poderia acelerar o crescimento de sua empresa?

4 • Seu negócio tem uma estratégia do momento correto para a saída dos novos parceiros?

5 • Você tem uma visão ambiciosa do seu negócio?


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.