SEC lança leitor de remuneração de executivos na web

Relações com Investidores/Internacional/Temas/Edição 53 / 1 de janeiro de 2008
Por 


Desde 21 de dezembro, investidores norte-americanos podem comparar facilmente e instantaneamente o quanto 500 das maiores companhias norte-americanas estão pagando para seus executivos do alto escalão. A Securities and Exchange Commission (SEC), o órgão regulador do mercado de capitais norte-americano, lançou a primeira ferramenta on-line que permite o acesso a essa base de dados.

O Executive Compensation Reader (algo como “leitor de remuneração de executivo”, em inglês) está disponível no site www.sec.gov/xbrl. A iniciativa vai ao encontro dos esforços da SEC, feitos ao longo de 2007, para aumentar a clareza e o detalhamento do disclosure sobre a remuneração dos administradores.

“As complicadas expedições que forçavam investidores a vasculhar relatórios financeiros, notas de rodapé e manuais para assembléias (proxy statements), entre outros documentos, são passado”, disse Christopher Cox, presidente do conselho de administração da agência, no dia do lançamento do serviço. “Por meio das novas regras, a SEC transformou o cenário de transparência sobre salários.” O resultado, segundo Cox, são análises melhores e mais rápidas e acionistas mais bem informados.

Através desse instrumento, os investidores podem checar os rendimentos anuais totais da administração e os valores pagos em salário, bônus, ações, opções de ações e benefícios. Os dados retirados de determinada companhia podem ser comparados com os de outras, selecionadas de acordo com porte, setor de atuação ou capitalização de mercado. É possível fazer o download das informações diretamente para planilhas Excel. O serviço é para uso público, sem nenhuma restrição.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  EUA Remuneração de executivos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Dinheiro asiático socorre bancos norte-americanos
Próxima matéria
Executivos de bolsa canadense são acusados após fusão



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Dinheiro asiático socorre bancos norte-americanos
Os orientais aproveitaram a crise hipotecária para colocar o pé em algumas fortalezas do capitalismo norte-americano. Depois...