Mills corta remuneração do board diante da crise



mills-cortaO conselho de administração da Mills cortou em 24% a remuneração de seus membros ao longo deste ano. Segundo o comunicado enviado ao mercado em maio, a medida mostra o compromisso do órgão com a redução de despesas da companhia. Fornecedora de produtos para serviços de engenharia, como estruturas e sistemas de escoramento, a Mills passa por um momento complicado: viu seu lucro despencar de R$ 172,6 milhões em 2013 para R$ 64,3 milhões no ano passado. Já a receita líquida caiu 4,6%, para R$ 794,2 milhões, e o Ebitda encolheu 16,7%, fechando em R$ 335,7 milhões. Ao divulgar os resultados, a empresa destacou que, frente às incertezas na economia e na política, os clientes reduziram investimentos, suspenderam projetos e diminuíram o ritmo de obras.

Ilustrações Beto Nejme/Grau180.com


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  conselho de administração CAPITAL ABERTO mercado de capitais remuneração crise Mills Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Charge do mês - Edição 142
Próxima matéria
As ciladas dos dividendos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Charge do mês - Edição 142