Consultorias de remuneração ganham relevância

Governança Corporativa/Internacional/Edição 135 / 1 de novembro de 2014
Por 


consultorias-de-remuneracaoAs consultorias de remuneração têm cada vez mais influência sobre o salário dos executivos. Na hora de aprovar o pacote de compensação dos administradores, 48% dos conselheiros americanos levam em conta o que pensam essas empresas, segundo a pesquisa Corporate Director’s Survey, da PwC. Em 2013, o número era consideravelmente menor: 36%.

A sondagem ouviu membros do board de 863 empresas americanas. A explicação para isso é a importância que os acionistas e as empresas de recomendação de voto, como a ISS e a Glass Lewis, dão ao tema. A obrigatoriedade de ouvir a opinião dos investidores sobre os pacotes de remuneração na assembleia anual (say on pay), em vigor há quatro anos, também ajudou a compor esse cenário: 84% dos conselheiros participantes do levantamento consideram que a regra os fez prestar mais atenção nesse tópico.

Curiosamente, apesar de toda a pressão exercida pelas consultorias de voto, elas são consideradas moderadamente influentes por 51% deles. A crítica a essas empresas foi intensa: oito em cada dez conselheiros as consideram generalistas e reclamam do fato de usarem padrões únicos para empresas diferentes.

Ilustração: Rodrigo Auada


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  ISS Remuneração de executivos CAPITAL ABERTO mercado de capitais PwC Glass Lewis consultoria de remuneração Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Índice apontará investidores que aplicam em companhias poluentes
Próxima matéria
Companhias inglesas começam a abandonar divulgação trimestral de resultados



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Índice apontará investidores que aplicam em companhias poluentes
Um novo índice pretende expor os investidores institucionais que colocam dinheiro em companhias poluentes, com o objetivo...