Empresas russas decepcionam novamente

Captação de recursos / Temas / Internacional / Edição 111 / 1 de novembro de 2012
Por 


A empresa de telefonia móvel Megafon estava prestes a abrir seu capital na London Stock Exchange. Os planos eram, até o fim do ano, captar US$ 3 bilhões. Entretanto, em outubro, a companhia anunciou que adiaria a operação. Sua explicação era a necessidade de atualizar o prospecto após uma aquisição de US$ 1,3 bilhão. De acordo com o Financial Times, porém, a história não é bem essa. O jornal relata que a empresa ainda esperava a aprovação do governo britânico para a listagem e que os reguladores demonstravam preocupação com a governança da Megafon.

De fato, a Financial Services Authority (FSA) está cada vez mais cuidadosa com as empresas estrangeiras. No início do mês, lançou uma proposta para mudar as exigências de listagem no país. Uma consulta pública deve ser realizada em janeiro de 2013 para discutir as alterações que incluem, por exemplo, a introdução do conceito de acionista controlador — figura comum em empresas de países em desenvolvimento — e a exigência de um acordo para regular a relação do controlador com os minoritários.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  ações Bolsa Megafon London Stock Exchange Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Derivativos de balcão na pauta dos reguladores
Próxima matéria
Mercado de ETF vive guerra de preços




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Derivativos de balcão na pauta dos reguladores
Os derivativos negociados no mercado de balcão (OTC, na sigla em inglês) estão no alvo de agências reguladoras internacionais....