Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Startups brasileiras representam 61% dos investimentos em Venture Capital da América Latina
Dos 455 negócios fechados pelas startups brasileiras em 2023, 136 foram para aportes em fintechs, 65 em RetailTech e 54 em HealthTech
Startups brasileiras, Startups brasileiras representam 61% dos investimentos em Venture Capital da América Latina, Capital Aberto

O mercado de Venture Capital (VC) no Brasil encolheu no ano passado, segundo dados divulgados pela Distrito, uma das principais plataforma de tecnologias emergentes da América Latina. No país, foram 455 negócios e US$ 1,9 bilhão de volume aportado nas startups brasileiras, com uma queda de 56,8%, frente aos US$ 4,4 bilhões de 2022. O país representou 61,2% dos investimentos de VC feitos na América Latina como um todo. A região registrou 746 rodadas de captação de recursos, queda de 48,6% no número de transações, movimentando US$ 3,1 bilhões.

Ao considerar as 455 rodadas mapeadas pela Distrito no Brasil, o número indica uma redução de 51,1% no volume de deals em comparação com o ano anterior, quando foram registradas 931 negociações. “Os números do mercado de VC na América Latina refletem a dinâmica desafiadora de 2023, evidenciada pelo declínio no registro de negociações fechadas no período. Diante das condições do cenário, a consolidação de investimentos identificados no estágio inicial, aliada aos destaques em setores como Fintech, revela oportunidades emergentes e a resiliência do ecossistema diante das condições do mercado”, destaca Gustavo Gierun, CEO do Distrito.

O presidente da Associação Brasileira de Fintechs (ABFintech), Diego Perez, acrescenta que após 2021 e 2022 muito fortes, “os melhores da indústria de VC”, era esperado um recuo em 2023. “Inflação e juros altos acabaram afetando o apetite por risco, investidores evitaram segmentos de maior risco. Este ano, esperamos que o cenário mude. Dá para voltarmos aos patamares de 2021 e para 2025 quem sabe chegarmos ao que foi o ano de 2022”, comenta Perez. “As fintechs devem seguir liderando as captações.”


Saiba como estruturar, direcionar e angariar recursos para causas de valor. Veja no curso Investimentos de Impacto


Investimentos na América Latina

Durante o ano de 2023, o mercado de startups destacou duas captações significativas em agosto. A Nomad, uma fintech que possibilita aos brasileiros a abertura de contracorrente em um banco norte-americano de forma digital, recebeu um aporte de US$ 61 milhões, equivalente a cerca de R$ 300 milhões, liderado pela Tiger Global.

Outra grande captação foi feita pela plataforma de bem-estar corporativo Gympass. Em agosto, a empresa anunciou um investimento de US$ 85 milhões após um aporte conseguido na rodada de financiamento Série F, liderada pela EQT Growth, com a participação da Neuberger Berman.

Juntamente com essas duas empresas em destaque, em outubro, a QI Tech realizou uma captação de R$ 1 bilhão, alcançando cerca de US$ 200 milhões em uma rodada série B liderada pela General Atlantic, com a participação do já acionista Across Capital.

Perfil das operações

Dentre os setores com o maior número de rodadas, destacaram-se: Fintech (136), RetailTech (65) e HealthTech (54). Enquanto os setores com o maior volume de recursos investidos foram: Fintech (US$ 1 bilhão), EnergyTech (US$ 213,1 milhões) e Supply Chain (US$ 203,4 milhões).

A maior concentração de aportes ocorreu em startups no estágio inicial (Seed Stage), que inclui Anjo, Pré-Seed e Seed, totalizando 581 negociações com um ticket médio de US$ 1,4 milhão durante o período. Já o estágio intermediário (Early-Stage) registrou 140 acordos e um montante total de US$ 12,7 milhões em 2023. Enquanto no estágio avançado (Late-Stage), foram contabilizadas 25 rodadas com um ticket médio de US$ 40 milhões.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 9,90/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.