Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
Mercado global de ações vai bem, mas IPOs decepcionam
O forte movimento no mercado acionário garantiu o melhor primeiro trimestre do segmento desde 2021, segundo dados da Dealogic
ipos, Mercado global de ações vai bem, mas IPOs decepcionam, Capital Aberto

Bancos e corretoras registraram um movimento de negociação de ações no valor de US$ 143,9 bilhões em todo o mundo neste ano, o que representa o melhor primeiro trimestre global desde 2021, segundo dados da Dealogic. No entanto, os volumes de IPOs permaneceram estáveis em relação ao mesmo período do ano passado e foram inferiores a metade dos níveis vistos no início de 2022, com apenas US$ 22,4 bilhões arrecadados até o momento.

Com previsões de cortes nas taxas de juros, investidores esperam mais listagens de ações nos próximos meses. Edward Sankey, chefe global de mercados de capitais do HSBC, observou que “os EUA tiveram um início razoavelmente forte, a Europa parece estar se recuperando, e o Oriente Médio continuará ocupado, especialmente após o Eid”.

As ações da plataforma de mídia social Reddit (RDDT.N) e do grupo de tecnologia Astera Labs (ALAB.O) dispararam após suas estreias em Nova York na semana passada, aproveitando o entusiasmo dos investidores por Inteligência Artificial e inovações tecnológicas. Além destes, o grupo suíço de cuidados com a pele Galderma (GALD.S) teve um início espetacular, negociando 18% acima do preço de emissão em seu primeiro dia, representando o maior IPO da Europa desde a Porsche em setembro de 2022.

No entanto, nem todas as novas ações tiveram a mesma recepção calorosa. As ações recém-listadas da varejista de perfumes alemã Douglas (DOU1.DE) despencaram em sua estreia na semana passada. Isso sugere que enquanto os investidores estão dispostos a pagar por grandes empresas atrativas, empresas de médio porte como a Douglas estão encontrando mais dificuldades para abrir capital, conforme observado por um gestor de fundos com sede na Europa para a Reuters.

Os investidores precisam de alguns casos de sucesso antes de colocar muito mais dinheiro para funcionar. “É necessário ver esse grupo de negócios se sair bem, e precisamos de consistência nos retornos dos investidores na próxima leva de transações subsequentes antes que o mercado de IPOs se reabra totalmente”, disse Tom Swerling, chefe global de ECM no Barclays.

Apesar do contratempo, os banqueiros estão confiantes de que mais negócios serão concluídos este ano, com as eleições nos EUA criando uma janela de IPO mais estreita no segundo semestre. Martin Thorneycroft, chefe de ECM em dinheiro do Morgan Stanley para a Europa, Oriente Médio e África, afirmou que “há alguns IPOs de qualidade aguardados após a Páscoa e esperamos que essas se saiam bem”.

Entre os preparativos para os IPOs estão a empresa de aquisição CVC Capital Partners e a marca italiana de luxo Golden Goose. A startup de software de cibersegurança dos EUA, Rubrik, também planeja lançar um IPO já no próximo mês, disseram fontes anteriormente à Reuters.

Enquanto isso, as vendas de ações negociadas publicamente continuarão a representar uma grande parte da atividade nos próximos meses, com empresas e acionistas aproveitando os altos preços das ações. Até agora em 2024, elas arrecadaram US$ 97,4 bilhões vendendo participações em empresas como a fabricante de Sensodyne Haleon (HLN.L), o grupo de refrigerantes Keurig Dr Pepper (KDP.O) e o London Stock Exchange Group (LSEG.L).

Uma das ofertas mais esperadas é a venda de mais ações da gigante do petróleo da Arábia Saudita, Aramco, o que poderia impulsionar as finanças do país e seu objetivo de diversificar a economia longe do petróleo. Enquanto o mercado de IPOs se recupera, países europeus como Alemanha, Grécia e Itália têm recorrido a blocos comerciais para se desfazer de participações em bancos e empresas de serviços públicos, com mais transações esperadas para manter os banqueiros em atividade.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.