BM&FBovespa lança programa de estímulo à captação no mercado de capitais

A BM&FBovespa lançou nesta sexta-feira, 27, um conjunto de medidas para fomentar empresas de pequeno e médio portes a buscar financiamento por meio do mercado de capitais. Atualmente, a Bolsa mantém contato com cerca de 300 delas. Metade tem potencial para chegar ao Novo Mercado; outros 50% podem …

Seletas / Edição 9 / Bolsas e conjuntura / Reportagem / 27 de novembro de 2015
Por 


Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

A BM&FBovespa lançou nesta sexta-feira, 27, um conjunto de medidas para fomentar empresas de pequeno e médio portes a buscar financiamento por meio do mercado de capitais. Atualmente, a Bolsa mantém contato com cerca de 300 delas. Metade tem potencial para chegar ao Novo Mercado; outros 50% podem alcançar a listagem no Bovespa Mais. “O objetivo é ajudar na preparação das empresas e fazê-las interagir com intermediários”, explica Cristiana Pereira, diretora de desenvolvimento de empresas da BM&FBovespa.

A principal novidade trazida pela Bolsa é o Diagnóstico Empresarial, um questionário on-line que identifica e mapeia as competências das empresas e sugere um plano de desenvolvimento dividido em três grandes áreas: gestão, governança e estrutura de capital. São avaliados itens como estratégia empresarial, controles internos, gestão de informações, planejamento tributário, gestão de conflitos, políticas para a perenidade do negócio, entre outros. A cada tema a ferramenta apresenta uma lista de possibilidades para aperfeiçoamento, com sugestões de cursos e livros.

A Bolsa lançou ainda um novo site, que reúne informações sobre o processo de abertura de capital e também sobre securitização de recebíveis e emissão de debêntures. As novidades fazem parte do Projeto Ofertas Menores, que prevê, além de iniciativas voltadas à capacitação de empresários e prestadores de serviços, o fomento a medidas capazes de fortalecer o mercado de capitais como instrumento de captação de recursos de longo prazo por meio de mudanças regulatórias e tributárias.

No âmbito da mesma iniciativa, foi alterada, no ano passado, a Instrução 476. A norma, editada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), passou a permitir a oferta pública de ações por meio de um rito simplificado.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bmfbovespa Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Conselhos de administração no século 21
Próxima matéria
Black Friday



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Conselhos de administração no século 21
Na manhã de quarta-feira, a Polícia Federal no Rio de Janeiro chegou à casa da família do banqueiro André Esteves,...