Venture capital no Snapchat

Onde levantar capital? Qual a melhor maneira de se contratar empregados? Como lidar com os conflitos que podem surgir no conselho da empresa? As respostas a essas questões são algumas das lições sobre o mundo das startups oferecidas pelo gestor de venture capital Mark Suster em sua conta na rede …

Seletas/N@ Web/Edição 26 / 15 de abril de 2016
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Onde levantar capital? Qual a melhor maneira de se contratar empregados? Como lidar com os conflitos que podem surgir no conselho da empresa? As respostas a essas questões são algumas das lições sobre o mundo das startups oferecidas pelo gestor de venture capital Mark Suster em sua conta na rede social Snapchat. Suster, que já vendeu duas empresas fundadas por ele e hoje investe em startups, nota que ser empreendedor está na moda entre os jovens. Por isso, não poderia ter escolhido forma melhor para se comunicar com esse público: o Snapchat é uma plataforma que permite ao usuário enviar selfies e vídeos para amigos e seguidores por meio do celular, aparelho que desde muito cedo faz parte do dia a dia das novas gerações. Quem preferir uma rede social mais tradicional pode acompanhar as ideias de Suster em seu perfil no ­Twitter, onde tem 246 mil seguidores.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  investidores n@ web snapchat Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Decisão sobre JSCP pode criar assimetria entre controladores e minoritários
Próxima matéria
SEC estuda mudar critério que classifica investidor qualificado



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Decisão sobre JSCP pode criar assimetria entre controladores e minoritários
No dia 14 de outubro, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) confirmou que os juros sobre capital próprio (JSCP) recebidos...
{"cart_token":"","hash":"","cart_data":""}