IPO da Stone provoca reação nas redes sociais 

Chamou a atenção o fato de a empresa ter escolhido a Nasdaq em vez da B3 

Captação de recursos/N@ Web / 1 de novembro de 2018
Por 


IPO da Stone provoca reação de usuários das redes sociais 

Ilustração: Rodrigo Auada

A Stone Pagamentos fez seu IPO na Nasdaq no último dia 24, ocasião em que levantou cerca de 1,5 bilhão de dólares — uma estreia surpreendente para uma empresa brasileira considerando o adverso cenário econômico e político nacional. Nas redes sociais, a oferta foi bastante elogiada: além da boa precificação (a ação foi vendida a 24 dólares no IPO), a Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, investiu na companhia. Em seu LinkedIn pessoal, Breno Maximiano, sócio da Stone, publicou um vídeo — que já tinha pelo menos 45 mil visualizações até o fechamento desta edição — mostrando o momento da listagem. Um seguidor, curioso, perguntou por que a empresa optou pela Nasdaq em vez da B3. Outro arriscou uma resposta. “Porque vender a empresa na B3 significa ter o valor em reais, e a moeda se desvalorizou nos últimos anos muito rapidamente.” Um usuário do Twitter comentou que a transação demonstra que o mercado pode estar subestimando a Cielo, empresa de meios de pagamento detentora de 50% do mercado brasileiro e cuja ação está cotada a 13 reais, após ter atingido o pico de 31 reais em 2015.  


Leia também:

Por mais unicórnios brasileiros 

Gestora de Pierre Schurmann quer investir em mil startups

Nova regra abre caminho para fintechs de crédito




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  startup Stone Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Stone estreia na Nasdaq com alta de 30% no valor de suas ações
Próxima matéria
Governo das Filipinas passa a exigir transparência sobre fatores ESG 



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Stone estreia na Nasdaq com alta de 30% no valor de suas ações
Na quarta-feira, 24, a processadora de cartões de crédito brasileira Stone fez IPO na Nasdaq, antecipando em um dia seu cronograma...