Novas regras para os agentes fiduciários

As mudanças e os impactos da Instrução 583 da CVM

Workshop/Encontros
Por     /    Versão para impressão Versão para impressão


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou, em dezembro, uma nova regulação para a atividade de agente fiduciário. Com entrada em vigor em 20 de março, a Instrução 583 regulamenta o exercício da função no âmbito das distribuições públicas de debêntures, certificados de recebíveis imobiliários (CRIs), certificados de recebíveis do agronegócio (CRAs) e notas promissórias de longo prazo. A norma anterior, de número 28, era específica para debêntures. A nova instrução também trouxe regras mais claras e abrangentes sobre situações de conflito de interesses, alterações no regime de prestação de informações e nos deveres dos agentes fiduciários, além de novas determinações sobre quem pode exercer a função. Neste workshop, exploramos as principais modificações introduzidas pela Instrução 583 e seus impactos para os emissores, investidores e estruturadoras das ofertas.

Ficou curioso? Ouça a íntegra do workshop no Clube de Conhecimento!

Programação

Principais mudanças introduzidas pela Instrução 583 | Claudia Hasler, gerente de aperfeiçoamento de normas da CVM

Debate

Os impactos da nova regra no exercício da função de agente fiduciário

Convidados

– Alexandre Costa Rangel, sócio do Costa Rangel Advogados
– Henrique Filizzola, sócio do Stocche Forbes Advogados
– Jane Goldman Nusbaum, advogada do BMA
– Marina de Oliveira e Pañella, diretora da Vórtx
– Viviane Rodrigues, diretora jurídica da Planner

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Crédito imobiliário Workshop Letra Imobiliária Garantida LIG Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Deu o maior sururu
Próxima matéria
Minoritários preparam contra-ataque em fechamento de capital da Prumo



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Deu o maior sururu
Em tupi, sururu significa caranguejo preto. A palavra se refere àqueles crustáceos decápodes que vivem no mangue, mexendo-se...