Companhias se dividem quanto às vantagens do IFRS

Internacional / Edição 24 / 1 de agosto de 2005
Por 


ed24_p056-057_pag_2_img_001Os benefícios da adoção dos princípios contábeis internacionais – International Financial Reporting Standards (IFRS) – ainda não são consenso entre as companhias européias. Levantamento realizado pela Mazars, com mais de 550 empresas listadas em 12 países, mostrou que 63% das empresas da União Européia acreditam que o novo padrão facilitará a comparação dos relatórios financeiros. E menos da metade acha que o modelo trará mais transparência. Por considerar estes dois pontos como os principais argumentos para defesa da implementação do IFRS, a Mazars conclui que nem todas as organizações estão convencidas de que o modelo escolhido atende seus objetivos. Entretanto, verificou que 73% não são a favor de substituir a utilização do IFRS por qualquer outra contabilidade específica ou pelo US GAAP (86%), padrão norte-americano.

As opiniões quanto ao custo do processo de transição para o IFRS também estão divididas. Do total, 45% das empresas, entre elas metade das francesas e 38% das britânicas, consideram que os gastos serão altos com a mudança, enquanto 55% crêem que as vantagens com o IFRS compensam as despesas.

Foi diagnosticado, ainda, que 87% das empresas estão bem preparadas para a adoção do novo sistema de contabilidade, com destaque para as sediadas em países como Alemanha, Espanha, Turquia e Países Baixos. As companhias italianas, no entanto, parecem estar mais atrasadas no processo de adaptação, com menos da metade (48%) tendo realizado a simulação das suas demonstrações financeiras na nova forma contábil.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
SOX impulsiona recorde de IPOs em Londres
Próxima matéria
Novo Combined Code amplia independência dos conselhos ingleses



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
SOX impulsiona recorde de IPOs em Londres
O rigor da lei norte-americana Sarbanes-Oxley (SOX) é apontado como o principal fator para explicar o número recorde de ofertas...