Unindo interesses

Em uma década, programa da Finep criado para conectar gestores e investidores capitalizou 32 fundos

Captação de recursos/Bimestral/Temas/Edição 88 / 1 de dezembro de 2010
Por 


O ano era 2000, o mês era maio, e a bolha da internet, inflada pelo otimismo inconsequente de empreendedores e investidores, tinha acabado de estourar. Foi nesse contexto que a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) criaram o programa Inovar, que comemorou sua primeira década de história em evento no Rio de Janeiro, em novembro.

O plano era criar um ponto de encontro entre os gestores de recursos que naquela época começavam a se aventurar pelo mundo do venture capital e do private equity com os investidores que potencialmente lhes cederiam recursos. A partir de chamadas públicas, os gestores apresentam os seus projetos a uma banca de investidores organizada pela Finep, e os selecionados são submetidos a um processo de due diligence, para então receber o aporte de capital. Em 2001, a banca tinha quatro investidores, sendo um fundo de pensão. Agora, o projeto conta com 17 investidores Inovar (sendo 11 deles fundos de pensão) e mais 110 investidores anjos. A Finep também participa da banca como potencial investidora.

Na década, o programa contabilizou 16 chamadas públicas, 192 propostas apresentadas e 32 fundos capitalizados. A iniciativa da Finep inclui o Prêmio Inovar, dedicado a homenagear os fundos que se destacam nos critérios operação, equipe e governança. Carteiras geridas por CRP, BRZ Investimentos e Stratus foram as vencedoras deste ano nas três categorias, respectivamente.

O Inovar também realiza fóruns com a participação de empreendedores e gestores para selecionar empresas inovadoras e orientá-las a montar seus planos de negócios. Nos dez anos do programa, mais de 3 mil empresas se cadastraram, 276 foram capacitadas e 67 receberam investimentos.

Segundo Patrícia Freitas, superintendente da área de investimentos da Finep, um dos desafios da indústria de capital empreendedor no Brasil hoje é conter o esvaziamento da área de venture capital. “Vemos muito menos gestores dirigidos a esse segmento do que gostaríamos”, afirma. Diferentemente do private equity, que visa à capitalização de empresas já desenvolvidas mas ainda sem condições de buscar recursos em bolsa de valores, o venture capital é o investimento em empresas pequenas e startups que apresentam ótimas perspectivas de retorno no longo prazo.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Guia de Captações de Recursos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Volta à estaca zero
Próxima matéria
Ativos limpos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Volta à estaca zero
A decisão das companhias do Novo Mercado de exterminar as poison pills dos estatutos sociais das futuras integrantes do segmento...