Na crise, companhias unem área de relações com investidores à de planejamento estratégico

Edição 3 / Seletas / Relações com Investidores / Reportagem / 15 de dezembro de 2015
Por 
Os departamentos de relações com investidores (RI) cresceram nos tempos de bonança. Era preciso atender à demanda dos numerosos sócios e viajar mundo afora para buscar novos investidores. Com a crise, o cenário mudou. As equipes estão cada vez mais enxutas e multitarefas. A Marfrig...

Este conteúdo é restrito a assinantes! Faça login >

paywall2 paywall

Se já é assinante, faça login:



Participe da Capital Aberto: Assine Experimente Anuncie


Tags:  Relações com Investidores planejamento estratégico crise

Compartilhe: 


Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Empresas criticam subjetividade em MP sobre planejamento tributário
Próxima matéria
Companhias sobem o teto de diretores estatutários




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Empresas criticam subjetividade em MP sobre planejamento tributário
A Medida Provisória (MP) 685 foi editada com o intuito de reduzir o número de litígios entre contribuintes e a Receita...