Zonas de risco

Assets próximas dos escritórios da SEC têm mais chances de serem investigadas por insider trading

Governança Corporativa / Internacional / 22 de outubro de 2017
Por 


Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

Uma gestora americana com sede próxima a um dos escritórios da Securities and Exchange Commission (SEC) — instalados nas cidades de Nova York, Chicago, Boston e São Francisco — tem mais chances de ser investigada por negociação de ativos com informação privilegiada do que uma asset que esteja fisicamente distante do regulador. A constatação é de uma pesquisa conduzida por Trung Nguyen, da Universidade de Stanford, e Quoc Nguyen, da Universidade de Illinois, publicada neste mês.

De acordo com os pesquisadores, empresas que ficam num raio de até 100 quilômetros de um dos 11 escritórios da SEC têm chance 6% maior de serem perscrutadas por insider trading do que aquelas que ficam a uma distância entre 100 e 200 quilômetros — e a probabilidade de escrutínio diminui em média 6% a cada 100 quilômetros. O estudo também sugere que, quanto mais longe do regulador, maior a chance de uma firma se envolver em transações ilegais.

A razão é simples, concluíram os autores do trabalho: os recursos limitados da SEC, que levam o regulador a favorecer investigações e processos menos custosos, envolvendo empresas geograficamente mais próximas. Vale destacar que a carga de trabalho e responsabilidade da SEC cresceu intensamente a partir dos anos 1990, mas a contratação de funcionários não acompanhou esse ritmo — desde esse período a equipe chegou a aumentar 166%, enquanto as atribuições saltaram até 264%.

 


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a algumas reportagens.

Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} reportagens gratuitas

Seja um assinante!

Você atingiu o limite de reportagens gratuitas. Que tal se tornar nosso assinante? Além do acesso ao mais especializado conteúdo do mercado de capitais, você terá descontos de até 30% em nossos encontros e cursos. Aproveite!


Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC Insider trading informação privilegiada Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O futuro da avaliação de ativos
Próxima matéria
Tecnologia na veia




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
O futuro da avaliação de ativos
É inegável que vivemos em uma nova era empresarial. A globalização — cultural, econômica e financeira — e a consequente...