Em família



O herdeiro de Eike Batista não vai levar um tostão para ser diretor do grupo EBX. Mas ele ganhou muitas citações no Twitter e em outras redes sociais após ter sido indicado ao cargo pelo conselho de administração. A maioria dos comentários fazia piada com a nomeação do jovem Thor, frequentador de colunas de celebridades. No geral, o mês não foi favorável para Eike. Além das brincadeiras com seu filho, ele enfrentou críticas por sua tentativa de fechar o capital da LLX.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Twitter EIKE BATISTA Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Sempre minoritária
Próxima matéria
Selo da paz?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.

Leia também
Sempre minoritária
Fundada há mais de 30 anos, a General Atlantic (GA) gosta de ser definida como uma empresa de growth equity. "Quando se fala...