Difícil de engolir

XP vende parte do negócio para o Itaú e vai parar na página Bovespa da Zoeira

N@ Web / 20 de maio de 2017
Por 


 

Ilustração: Rodrigo Auada

Ilustração: Rodrigo Auada

O olhar desafiador de Roberto Setubal e a frase: “vocês acharam que iam desbancarizar? Hahahahahaha”. Essa foi a piadinha que a página Bovespa da Zoeira pôs no ar depois que a XP Investimentos cedeu às sedutoras investidas do gigante financeiro e trocou a abertura do capital pela venda de 49,9% do capital. A provocação faz sentido porque o exponencial crescimento recente da corretora criada por Guilherme Benchimol foi calcado num insistente discurso de desbancarização dos serviços financeiros. Seria o lema apenas marketing?, perguntam-se usuários nas redes sociais.

Sócio da consultoria Condere, Paulo Cury escreveu em seu LinkedIn que a operação é um caminho válido para perpetuação da XP. “Não teria sido o caso, se eles [os sócios da XP] tivessem vendido o controle do negócio na partida. A venda para o Itaú foi um ‘IPO direcionado’, por assim dizer.” Já nos comentários a impressão é outra, mais cética. “A maior corretora um tempo atrás era a Ágora, que foi comprada pelo Bradesco. Agora, novamente esse movimento acontece. A próxima [corretora] a ocupar o posto vai parar num banco também”, ironizou um leitor.

A venda da casa de investimentos independente para o Itaú também foi assunto no Whatsapp. Um vídeo em que Benchimol dá um banho de espumante nos colegas para celebrar o fechamento do negócio viralizou na rede social. A comemoração aconteceu na recepção do BMA, um dos escritórios que apoiou a transação.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Itaú XP Investimentos n@ web Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
As próximas complicações da JBS
Próxima matéria
Incentivos perversos



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
As próximas complicações da JBS
Assim como fazem com os milhares de bois que abatem diariamente, Wesley e Joesley Batista, controladores do frigorífico...