BDRs não patrocinados sairão do mercado de balcão

Captação de recursos/Edição 119 / 1 de julho de 2013
Por 


Os programas de Brazilian Depositary Receipts (BDRs) Nível 1 sem patrocínio, atualmente negociados no mercado de balcão organizado, migrarão para o ambiente de bolsa de valores compulsoriamente. A decisão foi anunciada pela BM&FBovespa em junho e visa dar mais visibilidade ao produto. Questionada pela reportagem, a Bolsa não informou quando a listagem dos BDRs não patrocinados vai ocorrer.

A mudança trará benefícios para os investidores. O principal deles é a redução dos custos de negociação em cerca de 50%. Enquanto no mercado de balcão o gasto com emolumentos na negociação de BDRs soma 0,074% do valor negociado, na bolsa ele será de 0,0325%. Outra vantagem é o acesso ao Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos (MRP), que indeniza os investidores em caso de erros operacionais das corretoras, como falha na execução das ordens. Para os bancos que custodiam os programas, não haverá mudanças. A Instrução 332, que regula o ativo, prevê que os BDRs não patrocinados sejam negociados tanto no mercado de balcão como na bolsa. O nível de disclosure também permanecerá inalterado.

A negociação dos BDRs não patrocinados é crescente, apesar de restrita aos investidores qualificados. Somente neste ano, os 70 programas autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) movimentaram R$ 354,3 milhões. O valor, contabilizado até o dia 26 de junho, já supera o total de 2012, quando o giro financeiro foi de R$ 204,2 milhões.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 4,90 (nos 3 primeiros meses).
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bmfbovespa BDRs Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Eleição de funcionário para board no BB atrai 600 candidatos
Próxima matéria
Concorrência entre bolsas pode ser realidade até o fim do ano



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Eleição de funcionário para board no BB atrai 600 candidatos
No mês passado, o Banco do Brasil realizou sua primeira eleição para escolha do funcionário que representará os demais...