BNY paga US$ 148 milhões para encerrar acusação

O BNY vai pagar US$ 148 milhões para encerrar acusações de que teria oferecido estágio a três membros das famílias de diretores ligados ao Middle Eastern Investment Fund como forma de suborno. Em troca do favor, o fundo soberano do Oriente Médio teria oferecido US$ 711 milhões para o banco …

Internacional/Edição 145 / 1 de setembro de 2015
Por 


O BNY vai pagar US$ 148 milhões para encerrar acusações de que teria oferecido estágio a três membros das famílias de diretores ligados ao Middle Eastern Investment Fund como forma de suborno. Em troca do favor, o fundo soberano do Oriente Médio teria oferecido US$ 711 milhões para o banco gerenciar.

O agrado foi suficiente para o BNY se ver em apuros, por violar o Foreign Corrupt Practices Act (FCPA), que proíbe o pagamento de propina a funcionários governamentais estrangeiros. É a primeira vez que um banco é acusado de infringir a lei anticorrupção americana.

De acordo com a Securities and Exchange Commission (SEC), os estágios não foram concedidos pelo BNY com base no mérito, e sim para satisfazer o fundo soberano do Oriente Médio. Os três estagiários ingressaram no banco, no verão de 2010, sem passar pelo crivo do programa de estágio da instituição, composto de rigorosas provas e entrevistas.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie

Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Tráfico de seres humanos na pauta
Próxima matéria
Uber recebe investimento do indiano Tata



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Leia também
Tráfico de seres humanos na pauta
Um projeto de lei apresentado à Câmara dos Deputados dos Estados Unidos pretende obrigar grandes companhias de capital...