Servindo ao rival

Segundo Oxera, abertura da CBLC pela BM&FBovespa é a maneira mais eficiente de promover a competição

Captação de recursos / Temas / Edição 107 / 1 de julho de 2012
Por 


A oferta dos serviços de compensação e liquidação pela BM&FBovespa seria a maneira mais efetiva de promover a entrada de novas bolsas de valores no Brasil. Essa é a constatação de um estudo sobre a eficiência do mercado acionário brasileiro encomendado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e divulgado em junho. A hipótese de abertura da CBLC agrada às postulantes ao ingresso no País — a Bats e a Direct Edge anunciaram oficialmente esse plano —, mas a consultoria europeia Oxera, autora do estudo, também reconheceu a dificuldade que seria executar a ideia.

A prestação dos serviços de clearing pela CBLC, pertencente à Bolsa, seria fundamental para uma concorrência sadia, pois, segundo o estudo, a implantação de uma nova câmara de compensação e liquidação duplicaria processos e custos para o mercado como um todo. A Oxera, admite, porém, que a CVM ou outros órgãos reguladores precisariam estimular a BM&FBovespa a permitir a seus rivais o acesso à CBLC.

Ciente da demora que uma decisão sobre isso tomaria, a Oxera também recomenda um trabalho de monitoramento e comparação dos preços estabelecidos pela BM&FBovespa com tarifas aplicadas por pregões internacionais. Essa fiscalização poderia ser feita pela própria Bolsa, em parceria com as partes interessadas (corretoras e investidores) e sob a supervisão dos órgãos reguladores competentes, ajudando a evitar possíveis distorções.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  bmfbovespa CBLC Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Ações em engorda
Próxima matéria
A supervisão do regulador




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Ações em engorda
Analista do Deutsche Bank, Rebeca Sanchez já ajudou milhares de acionistas a realizar lucros se desfazendo dos papéis no momento...