SEC quer aumentar vigilância sobre agentes autônomos

Relações com Investidores/Internacional/Temas/Edição 70 / 1 de junho de 2009
Por , e


A Securities and Exchange Commission (SEC) propôs, em maio, medidas para aumentar a proteção aos investidores que confiam seu dinheiro a investment advisors, figura próxima ao que conhecemos, no Brasil, como agente autônomo. O objetivo do regulador é coibir o desvio de recursos por parte desse profissional.

Dentre as propostas, está a aplicação de uma “visita surpresa” aos agentes autônomos, uma vez por ano. Ela seria feita por um auditor independente, que verificaria se os ativos mostrados nos relatórios aos clientes realmente existem.

Outra medida seria aplicada aos investment advisors que não fazem a custódia dos ativos de seus clientes em uma empresa independente. Nesse caso, os consultores teriam de apresentar relatórios preparados por uma empresa registrada no Public Company Accounting Oversight Board (PCAOB) — entidade sem fins lucrativos criada pela Sarbanes-Oxley.

Por fim, a SEC propõe que todos os agentes custodiantes emitam relatórios diretamente aos clientes, em vez de fazê-lo pelo investment advisor. Dessa forma, os investidores poderiam comparar os valores descritos com os documentos recebidos dos agentes autônomos.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  SEC agentes autônomos Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Odontoprev reúne analistas antes de quiet period
Próxima matéria
Bolsa de Cingapura aplica verbas de multas em educação



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
Odontoprev reúne analistas antes de quiet period
Quando uma corretora divulga perspectivas muito otimistas ou excessivamente conservadoras para uma empresa, as consequências...