Chicago boy na Fazenda



Joaquim Levy participou de uma conversa com usuários do Facebook no início de janeiro. Por meio da página do governo Portal Brasil, respondeu a perguntas (devidamente moderadas) de várias pessoas. A mais curtida, entretanto, não diz respeito ao futuro do País, e sim às posições econômicas e ideológicas de Levy. “Você se considera um Chicago boy?”, perguntou um usuário, se referindo à vertente liberal e monetarista cujo maior expoente é Milton Friedman.

Levy classificou a pergunta como “divertida”, mas não a respondeu diretamente. Em vez disso, dedicou-se a explicar um conceito muito importante que aprendeu na Universidade de Chicago. “Ninguém come realmente de graça. Sabe-se que, quando alguém passeia ou faz alguma coisa sem pagar, outra pessoa está pagando. Essa frase é importante para quem está no governo. Tudo o que o governo dá é pago pelo contribuinte. Então, a gente tem que ter muito cuidado em como usa o dinheiro”, respondeu.

Link: on.fb.me/1C1N7J6


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Acessar loja >




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  CAPITAL ABERTO mercado de capitais Joaquim Levy Ministro da Fazenda Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O número da vez
Próxima matéria
João Elek assume diretoria de governança da Petrobras



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
O número da vez
Divulgação de resultados de companhias não costuma ser um assunto muito comentado nas redes sociais — mas o da Petrobras...