Acionistas versus governo

Não se deixe enganar pelo título: esta nota não é sobre a Petrobras ou a Eletrobras. Ela sequer fala do Brasil. Nos Estados Unidos, acionistas da Fannie Mae e da Freddie Mac estão em polvorosa. As duas empresas, securitizadoras de hipotecas subsidiadas pelo governo, sempre foram um curioso misto de …

Seletas/Relações com Investidores/Edição 15/N@ Web / 1 de fevereiro de 2016
Por 


Ilustração: Grau 180.com.

Ilustração: Grau 180.com.

Não se deixe enganar pelo título: esta nota não é sobre a Petrobras ou a Eletrobras. Ela sequer fala do Brasil. Nos Estados Unidos, acionistas da Fannie Mae e da Freddie Mac estão em polvorosa. As duas empresas, securitizadoras de hipotecas subsidiadas pelo governo, sempre foram um curioso misto de estatal e entidade privada. Depois da crise de 2008, elas foram colocadas em “conservatorship”, uma forma mais sutil de intervenção federal. Nos últimos dias, uma polêmica foi reacendida no Twitter. Acionistas acusam o governo de abusar de sua posição nessas empresas e tomar para si uma parcela alta demais dos lucros sob a forma de dividendos. Chamam a situação de escândalo e criaram a hashtag #fanniegate, em referência ao escândalo de Watergate, que derrubou o presidente Nixon. Charles Gasparino, polêmico repórter da Fox Business, decidiu colocar fogo na discussão, dizendo que quem investiu em empresa sob intervenção governamental sabia onde estava se metendo e não pode reclamar. Os investidores discordaram, claro.


Quer continuar lendo?

Faça um cadastro rápido e tenha acesso gratuito a três reportagens mensalmente.
Tenha o melhor conteúdo do mercado de capitais sem limites ou interrupção.
Assine a partir de R$ 36/mês!
Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o seu limite de {{limit_online}} matérias por mês. X

Ja é assinante? Entre aqui >

ou

Aproveite e tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais!

Básica

R$ 4, 90*

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
-
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$36,00

Completa

R$ 9, 90

Nos três primeiros meses

01 Acesso Digital
01 Edição Impressa
10% de Desconto em grupos de discussão e workshops
10% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$42,00

Corporativa

R$ 14, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
15% de Desconto em grupos de discussão e workshops
15% de Desconto em cursos
Acervo Digital
sem áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$69,00

Clube de conhecimento

R$ 19, 90

Nos três primeiros meses

05 Acessos Digitais
01 Edição Impressa
20% de Desconto em grupos de discussão e workshops
20% de Desconto em cursos
Acervo Digital
com áudos**
A partir do 4° mês, o valor cobrado séra de R$89,00

**Áudios de todos os grupos de discussão e workshops.




Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Fannie Mae Freddie Mac Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
O nome do jogo é escala
Próxima matéria
Página nova?



Comentários

Escreva o seu comentário sobre este texto!

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Recomendado para você





Leia também
O nome do jogo é escala
A base de dados do sistema de informações financeiras Quantum mostra que existe hoje no mercado brasileiro um total...