Pesquisar

|

|

Pesquisar
Close this search box.
A revolta do leite

Os acionistas da Parmalat estão incomodados. A companhia italiana está sob investigação do regulador local devido a uma compra de US$ 1 bilhão que não teria sido a melhor decisão para a empresa. Os minoritários chegaram a pedir a troca de todo o conselho. A plataforma oficial utilizada pelos investidores é o site da associação de acionistas da Parmalat, mas o movimento contra a administração da empresa logo se estendeu para as redes sociais. No Twitter, várias postagens chamam a atenção para o fato de o presidente da companhia ter sido reeleito na assembleia de 14 de junho, apesar de o Tribunal de Parma ter determinado sua substituição.


Para continuar lendo, cadastre-se!
E ganhe acesso gratuito
a 3 conteúdos mensalmente.


Ou assine a partir de R$ 34,40/mês!
Você terá acesso permanente
e ilimitado ao portal, além de descontos
especiais em cursos e webinars.


Você está lendo {{count_online}} de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês

Você atingiu o limite de {{limit_online}} matérias gratuitas por mês.

Faça agora uma assinatura e tenha acesso ao melhor conteúdo sobre mercado de capitais


Ja é assinante? Clique aqui

Acompanhe a newsletter

Leia também

mais
conteúdos

APROVEITE!

Adquira a Assinatura Superior por apenas R$ 0,90 no primeiro mês e tenha acesso ilimitado aos conteúdos no portal e no App.

Use o cupom 90centavos no carrinho.

A partir do 2º mês a parcela será de R$ 48,00.
Você pode cancelar a sua assinatura a qualquer momento.