Planilha da Positivo descomplica balanço

Bimestral / Contabilidade e Auditoria / Temas / Edição 75 / 1 de novembro de 2009
Por 


Os analistas que cobrem as ações da Positivo Informática ganharam uma ajudinha para analisar os balanços da companhia. A empresa disponibilizou, no seu site de relações com investidores (RI), planilhas com o balanço patrimonial, a demonstração de resultados, os dados operacionais e a composição da receita, desde o primeiro trimestre de 2007, incorporando as modificações introduzidas pela Lei 11.638/07 e pela medida provisória 449/08 — ambas criadas para adequar os balanços das companhias às normas internacionais de contabilidade (IFRS).

A exigência da CVM era apenas que as companhias convertessem seus números para o IFRS a partir do balanço consolidado anual de 2008. A iniciativa da Positivo traz, portanto, dois benefícios adicionais: converte os números de 2007 também para a norma internacional, facilitando a comparação; e faz isso para os resultados trimestrais, tanto de 2007 como de 2008.

“Apesar do esforço que essas adequações demandaram da área de RI, achamos que o mais correto seria fazer os ajustes, em benefício da comparação”, afirma Ariel Szwarc, diretor de relações com investidores da Positivo Informática. Por meio da planilha, o analista consegue verificar, por exemplo, que, de abril a junho de 2009, a receita líquida da Positivo Informática foi de R$ 516,3 milhões, 2,8% menor que no mesmo período do ano passado. No entanto, se essa comparação fosse feita com bases distintas — o segundo trimestre deste ano, com as modificações introduzidas pela Lei 11.638/07, e o de 2008, na contabilidade antiga —, essa diminuição seria de 6,3%.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Contabilidade e Auditoria Normas Internacionais de Contabilidade Normas Brasileiras de Contabilidade Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
IBGC reconhece lado positivo da poison pill
Próxima matéria
Boca no Twitter




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
IBGC reconhece lado positivo da poison pill
Num momento em que as polêmicas poison pills são colocadas em xeque — a revisão das regras do Novo Mercado prevê a sua proibição...