Pesquisa investiga votos de ETFs nos Estados Unidos

Captação de recursos / Temas / Internacional / Edição 73 / 1 de setembro de 2009
Por 


Os fundos de índice negociados em bolsa (ETFs, na sigla em inglês) deram um salto gigantesco em menos de duas décadas. Nos Estados Unidos, surgiu o primeiro exemplar dessa família de fundos, em 1993. Hoje, há cerca de 750 ETFs nos Estados Unidos, com mais de US$ 500 bilhões sob gestão. Atento a essa crescente representatividade, o Investor Responsibility Research Center Institute (IRRC) resolveu investigar como esses fundos agem nas assembleias de acionistas.
Publicado em agosto, o estudo analisou os votos dos sete maiores ETFs do mundo — que representam mais de 94% desse mercado — na temporada 2008 de assembleias nos Estados Unidos. Dentre as descobertas, está a de que os maiores ETFs tendem a votar mais frequentemente a favor das propostas da administração. Barclays Global Investors (BGI), State Street Global Advisors (SSgA) e Vanguard votaram contra os administradores somente em 16,7%, 33,3% e 16,7% dos casos, respectivamente. Os fundos menores, representados por Invesco, ProFunds e WisdomTree, por sua vez, foram contrários em 66,7%, 33,3% e 40%, respectivamente.
Outra curiosidade é a alta ocorrência de abstenção de votos na eleição de conselheiros indicados pelo board como forma de expressar a insatisfação com os administradores. A ausência de voto impacta o resultado, pois é cada vez maior o número de empresas que adotam a política de voto majoritário para a eleição dos conselheiros. Nesses casos, o candidato só é escolhido se obtiver a anuência de mais de 50% dos presentes na assembleia. A pesquisa observou ainda que os ETFs que mais acompanham as orientações de consultores de voto (proxy advisors) tendem a votar contra a chapa proposta pelos administradores da companhia.



Participe da Capital Aberto:  Assine Anuncie


Tags:  Bolsa de valores Índices de ações Encontrou algum erro? Envie um e-mail



Matéria anterior
Como anda o seu compliance?
Próxima matéria
Investidores reforçuam compromisso com sustentabilidade




Recomendado para você




Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Leia também
Como anda o seu compliance?
O aumento das atividades de enforcement, especialmente pela Securities and Exchange Commission (SEC) e pelo Departamento...